Boletim

 Fale conosco
Série A
Quinta, 24 de agosto de 2006, 22h29  Atualizada às 11h08
São Paulo vence Paraná e é "campeão" do 1º turno
 
Gaspar Nóbrega/VIPCOMM/Divulgação
Aloísio voltou a balançar as redes contra o time do Paraná
Aloísio voltou a balançar as redes contra o time do Paraná
 Últimas de Série A
» São Paulo contrata meia Hugo, diz jornal
» Internautas põem cinco são-paulinos na seleção do Brasileiro
» Artilheiro Souza afirma que quer sair do Goiás
» Internautas elegem Renato, do Fla, o melhor do Brasileiro
Busca
Busque outras notícias no Terra:
Jogando no Morumbi, o São Paulo venceu o Paraná por 3 a 2 e é o "campeão" do 1º turno do Campeonato Brasileiro. O jogo era o confronto direto entre o líder e o vice-líder do torneio.

Veja reportagem em vídeo
Veja fotos da rodada
Comente a rodada
Confira a classificação
Veja os artilheiros
Veja o site do Brasileiro 2006

O time paulista chegou aos 37 pontos. Os paranistas ocupam agora a terceira posição com 31 pontos, se distanciando seis pontos do rival.

A partida começou bastante movimentada e o São Paulo quase abriu o placar aos 4min. Danilo fez boa jogada pela esquerda e foi derrubado por Pierre próximo à área. Em cobrança de falta perigosa, a bola acertou o travessão do gol de Flávio.

O Paraná respondeu no minuto seguinte e em forma de gol. Após cobrança de escanteio da esquerda, a bola sobrou para Beto, que dominou bem e chutou no canto esquerdo de Rogério Ceni para abrir o marcador.

O São Paulo não se abalou e empatou no minuto seguinte, também em bola parada. Em cobrança de falta, Aloísio subiu mais do que a zaga e cabeceou para o fundo do gol de Flávio.

O time da casa partiu para o ataque, mas acabou recebendo um balde de água fria aos 21min, em um contra-ataque da equipe paranista. Após duas defesas de Rogério Ceni em chutes de Beto, Leonardo, sozinho, pegou a sobra e desempatou a partida.

O São Paulo não desanimou e desperdiçou boa chance com Aloísio, que cabeceou por cima do gol de Flávio. Aos 27min, foi a vez do "goleiro-artilheiro" Rogério Ceni tentar empatar o marcador em cobrança de falta. Flávio salva o Paraná.

O time paulista seguia pressionando. Aos 33min, Aloísio recebeu de costas para o gol, girou e bateu forte. A bola saiu à esquerda do gol. A última boa chance dos donos da casa na primeira etapa aconteceu em uma cobrança de escanteio. Flávio saiu mal do gol, mas Alex Silva, sozinho, cabeceou para fora.

O São Paulo foi em busca do empate logo no começo do segundo tempo e desperdiçou boa chance aos 9min. Leandro fez tabela com Aloísio e bateu fraco, para a defesa de Flávio. Aos 19min, Leandro fez o cruzamento da direita para Lenílson, que cabeceou para fora.

De tanto pressionar, o time tricolor paulista empatou a partida aos 22min. Lenílson avançou pela esquerda e encontrou Leandro livre na área, que só teve o trabalho de tocar para o gol de Flávio.

O Paraná tentou ainda desempatar novamente aos 29min. Sandro fez boa jogada na ponta-esquerda e bateu cruzado. Joélson deu carrinho, mas não chegou na bola. O São Paulo deu uma resposta fatal no minuto seguinte.

Após cobrança de escanteio, Alex Silva cabeceou e a bola voltou para ele completar. O time visitante sentiu o gol e o São Paulo quase liquidou a partida aos 34min. Em bola enfiada, Flávio chegou antes de Thiago e salvou o time paranista.

O Paraná encerrou qualquer chance de igualar o placar aos 41min, quando Beto levou o segundo cartão amarelo por reclamação e foi expulso da partida.

Na próxima rodada, o São Paulo enfrenta o Flamengo, no estádio do Maracanã. Já o Paraná recebe o Juventude, no estádio do Pinheirão.

Ficha Técnica
São Paulo 3 x 2 Paraná
Equipes

Rogério Ceni
Alex Silva
Fabão
Richarlyson
Souza
(Thiago)
Josué
Mineiro
(Ramalho)
Danilo
(Lenílson)
Júnior
Leandro
Aloísio

Técnico:
Muricy Ramalho

Flávio
Gustavo
Émerson
Edmílson
Ângelo
Batista
(Jéferson)
Pierre
Maicossuel
(Joélson)
Edinho
Beto
Leonardo
(Sandro)

Técnico:
Caio Junior

Gols

6min - 1° tempo
Aloísio
22min - 2 ° tempo
Leandro
31min - 2 ° tempo
Alex Silva

5min - 1º tempo
Beto
21min - 1 º tempo
Leonardo
Cartões Amarelos
Aloísio
Émerson
Batista
Pierre
Cartão Vermelho

Beto
Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
Árbitro: Clever Assunção Gonçalves (MG)
Público: 11.322 pagantes

 
Redação Terra