Boletim

 Fale conosco
Série A
Sábado, 26 de agosto de 2006, 20h07 
Santos vence Goiás e encosta no São Paulo
 
Agência Lance
Harley se estica, mas não impede o gol de Kléber
Harley se estica, mas não impede o gol de Kléber
 Últimas de Série A
» São Paulo contrata meia Hugo, diz jornal
» Internautas põem cinco são-paulinos na seleção do Brasileiro
» Artilheiro Souza afirma que quer sair do Goiás
» Internautas elegem Renato, do Fla, o melhor do Brasileiro
Busca
Busque outras notícias no Terra:
O Santos venceu o Goiás por 2 a 1, na Vila Belmiro, e se aproximou novamente do líder São Paulo na briga pela liderança do Campeonato Brasileiro. A equipe santista chegou aos 35 pontos e está a apenas dois do time tricolor, porém com dois jogos a mais.

Veja a matéria em vídeo
Veja fotos
Comente a rodada
Confira a classificação
Veja os artilheiros
Veja o site do Brasileiro 2006

Já o Goiás se complicou ainda mais no campeonato com a derrota e segue na 16ª posição, com 21 pontos, a apenas um ponto de entrar na zona do rebaixamento.

Jogando em casa, o Santos começou melhor na partida. Logo aos 3min, Kléber recebe passe na esquerda, leva a bola para a linha de fundo e cruza. Leandro não alcança a bola e ela passa por toda área.

Aos13min, Dênis fez boa jogada pela direita e chutou da entrada da área. Harley espalmou para escanteio. O time do Goiás responde aos 18min, Danilo Portugal tocou para Welliton que se livrou de Manzur, invadiu a área, e chutou rente à trave direita.

O Santos continuava no ataque e quase marcou aos 33min. Leandro fez jogada pela esquerda e cruzou. Luciano Almeida se antecipou à Dênis, na hora certa, e conseguiu fazer o corte.

O time santista tem outra chance aos 36min, após Denis sofrer falta perigosa. Kléber cobrou falta no ângulo de Harley e o goleiro se esticou todo, colocando a bola para escanteio.

O Goiás aproveitou os espaços deixados na zaga santista e em uma jogada de contra-ataque abriu o marcador. Souza recebeu passe de Vitor, levou a bola para o meio, driblando dois zagueiros santistas, e chutou forte no canto superior de Fábio Costa. Um belo gol que o colocou na artilharia do campeonato, com 9 gols, ao lado de Dodô, ex-Botafogo, e Wagner, do Cruzeiro.

No segundo tempo, o técnico Vanderlei Luxemburgo saiu do esquema 3-5-2 e tentou o 4-4-2, com as entradas de Carlinhos e Rodrigo Tabata. As substituições fizeram efeito e a equipe começou a fazer mais jogadas pelo lado esquerdo.

Não demorou muito para o time paulista igualar o marcador. Aos 9min, André foi derrubado na entrada da área. Kleber cobrou mais uma no ângulo esquerdo, mas dessa vez sem chances para Harley.

O Goiás não se intimidou com o gol tomado e chegou bem aos 12min. Souza recebeu bola na área e, de costas, chutou no gol. Fábio Costa espalmou para escanteio. No minuto seguinte, o time esmeraldino chegou outra vez com perigo.

Vitor recebeu passe na entrada da área e chutou fraco. Fábio Costa se atrapalhou, mas conseguiu colocar a bola pela linha de fundo. O Santos respondeu aos 15min. Cléber Santana fez bela jogada individual, deu um drible da vaca no zagueiro, invadiu a área, mas chutou rente à trave esquerda de Harley.

Quando o jogo estava equilibrado, o Santos conseguiu virar o marcador aos 17min. Carlinhos fez bela jogada pela esquerda, invadiu a área e chutou cruzado. A bola passou embaixo de Harley, que falhou no lance.

O time santista partiu para o ataque em busca do terceiro. Aos 23min, Tabata cobrou escanteio da esquerda, Harley saiu mal do gol e a bola sobrou para Welington Paulista que cabeceou para o gol. Harley se recuperou e espalmou por cima do gol.

O time do Goiás sentiu o gol e o time santista apenas segurou o resultado. A última boa chance foi desperdiçada por desperdiçada pelo atacante Wellington Paulista, aos 41 min. Carlinhos cruzou da esquerda e o atacante desviou fraco de cabeça. Sem trabalho para Harley.

Na próxima rodada, o Santos vai a Curitiba enfrentar o Atlético-PR, na Arena da Baixada. Já o Goiás recebe o Fluminense no Serra Dourada, tentando fugir das últimas colocações.

Ficha Técnica
Santos 2 x 1 Goiás
Equipes

Fábio Costa
Manzur
Domingos
Ronaldo Guiaro
(Carlinhos)
Dênis
Maldonado
Cléber Santana
André
Kléber
Jonas
(Rodrigo Tabata )
Leandro
(Wellington Paulista)


Técnico:
Vanderlei Luxemburgo

Harlei
Cléber
Rogério Corrêa
(Amaral)
Aldo
(Johnson)
Vitor
Cléber Gaúcho
Danilo Portugal
(Juliano)
Fábio Bahia
Luciano Almeida
Souza
Welliton


Técnico:
Geninho

Gols

9min - 2 ° tempo
Kléber
17min - 2 ° tempo
Carlinhos

37min - 1 º tempo
Souza
Cartões Amarelos
Manzur
Domingos
Ronaldo Guiaro
Carlinhos
Maldonado
Rodrigo Tabata
Cléber
Amaral
Aldo
Johnson
Cléber Gaúcho
Souza
Welliton
Local: Estádio da Vila Belmiro, em Santos (SP)
Árbitro: Sergio da Silva Carvalho (DF)
Renda e Público: R$55.875,00 / 5048 pagantes

 
Redação Terra