Boletim

 Fale conosco
Série A
Quarta, 30 de agosto de 2006, 23h57  Atualizada às 00h18
Juventude vence no Sul e complica o Flamengo
 
 Últimas de Série A
» São Paulo contrata meia Hugo, diz jornal
» Internautas põem cinco são-paulinos na seleção do Brasileiro
» Artilheiro Souza afirma que quer sair do Goiás
» Internautas elegem Renato, do Fla, o melhor do Brasileiro
Busca
Busque outras notícias no Terra:
O Juventude venceu a segunda partida consecutiva no returno do Campeonato Brasileiro ao superar o Flamengo por 1 a 0, nesta quarta-feira, em Caxias do Sul, e complicou o time rubro-negro na tabela.

Comente a rodada
Confira a classificação
Veja os artilheiros
Veja o site do Brasileiro 2006

Com o resultado, o Juventude é o nono colocado, com 29 pontos. A equipe carioca é a 15ª, com 24 pontos, a apenas um da zona do rebaixamento.

O zagueiro Antônio Carlos fez o único gol do jogo aos 4min do segundo tempo, escorando de joelho uma cobrança de escanteio da direita, por Márcio Azevedo.

No geral, o baixo nível técnico foi a marcada partida. O Juventude esteve melhor quando o time carioca recuou demais. Quando a equipe rubro-negra passou a atacar, os donos da casa tiveram dificuldades.

Na primeira etapa, o Fla acertou a trave do Juventude duas vezes, mas não conseguiu marcar. Na primeira tentativa, Renato cobrou falta da intermediária, mas a bola explodiu no travessão. Na segunda, Renato Augusto fez boa jogada individual, mas a bola ficou também bateu na trave.

O Juventude foi perigoso nos contra-ataques e criou boas chances com Christian. No entanto, a melhor oportunidade foi com o zagueiro Fabrício, que aproveitou um rebote no escanteio, e chutou de primeira, obrigando Diego a fazer grande defesa.

Já a dupla de ataque formada por Sávio e Peralta pouco incomodou à defesa adversária. Cada atacante abriu por uma lateral, o que deixou o Flamengo sem referência na área. O fardo de pior ataque do Brasileiro começa a pesar.

Coincidência ou não, o clube está negociando com o atacante Jajá, do Getafe, que pode ser apresentado nesta quinta-feira, assim como o goleiro Bruno, que recentemente se transferiu do Atlético-MG para o Corinthians.

O faro de gol que faltou ao ataque rubro-negro, sobrou ao zagueiro Antônio Carlos. No início do segundo tempo, o veterano jogador mostrou oportunismo ao se antecipar à defesa e escorar a cobrança de escanteio. Tardiamente, Ney Franco tentou corrigir o problema da falta de referência na área e colou Obina no lugar de Léo Medeiros aos nove minutos da etapa final.

A tentativa de Ney Franco não surtiu o efeito esperado. Sem inspiração, o Flamengo pouco ameaçou. Rodrigo Arroz ainda entrou no lugar de Leonardo Moura, machucado, e Fellype Gabriel no de Sávio. Substituições que em nada acrescentaram. Com a derrota de 1 a 0, a equipe rubro-negra continua ameaçada na competição.

Na próxima rodada, o Flamengo recebe o Internacional, no sábado, no Maracanã. O Juventude vai ao Serra Dourada e, no domingo, pega o Goiás.

Ficha Técnica
Juventude 1 x 0 Flamengo
Equipes
André
Fábio
Antônio Carlos
Fabrício
Wellington
Renan
Lauro
Alexandre
(Walker)
Márcio Azevedo
Leandrinho
(João Paulo)
Christian

Técnico:
Ivo Wortmann

Diego
Leonardo Moura (R. Arroz)
Renato Silva
Fernando
Juan
Paulinho
Léo Medeiros
(Obina)
Renato
Renato Augusto
Sávio
(Fellype Gabriel)
Peralta

Técnico:
Ney Franco

Gols

4min - 2º tempo
Antônio Carlos

 
Cartões Amarelos

Peralta
Local: Estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul
Árbitro: Clever Assunção Gonçalves (MG)
Público e renda: 4.155 pagantes e R$ 17.750,00

Com Lancepress
 

Redação Terra