Boletim

 Fale conosco
Série A
Domingo, 3 de setembro de 2006, 17h54  Atualizada às 22h00
No reencontro com torcida, Grêmio vence o Paraná
 
Site Oficial do Grêmio/Divulgação
Após punição, torcida festeja vitória do Grêmio no Olímpico
Após punição, torcida festeja vitória do Grêmio no Olímpico
 Últimas de Série A
» São Paulo contrata meia Hugo, diz jornal
» Internautas põem cinco são-paulinos na seleção do Brasileiro
» Artilheiro Souza afirma que quer sair do Goiás
» Internautas elegem Renato, do Fla, o melhor do Brasileiro
Busca
Busque outras notícias no Terra:
No reencontro com a torcida no Estádio Olímpico após três jogos de punição, o Grêmio venceu o Paraná Clube por 2 a 1, de virada, e se mantém entre os líderes do Campeonato Brasileiro.

Veja reportagem em vídeo
Veja fotos da rodada
Comente a rodada
Confira a classificação
Veja os artilheiros
Veja o site do Brasileiro 2006

O time foi condenado pelo STJD a atuar em oito partidas com portões fechados devido aos incidentes no clássico contra o Inter, no Beira-Rio. Depois, o tribunal reduziu a pena para três partidas.

Coincidentemente, o time arrancou no campeonato justamente neste período, com cinco vitórias em seis partidas.

Com o resultado, o time tricolor gaúcho soma 38 pontos, mesmo número que o vice-líder Santos, que leva vantagem no saldo de gols.

Foi a quarta derrota consecutiva do Paraná, que fez um ótimo primeiro turno, mas ainda não somou nenhum ponto no returno. Segue com 31 pontos, mas na sétima posição.

O jogo começou equilibrado, com os dois times se estudando e amarrando muito a partida com seguidas faltas. Foi se aproveitando disso que o Paraná saiu na frente, aos 16min, com um belo gol em cobrança de falta do lateral Ângelo, que mandou uma bola indefensável no ângulo esquerdo do goleiro Marcelo.

O gol paranaense fez acender o sinal de alerta no Grêmio, que passou a jogar com mais objetividade e deu início a uma pressão sobre os visitantes.

Apoiados por sua torcida, os gaúchos chegaram ao gol de empate aos 31min. Tcheco cobrou escanteio da direita, a bola passou por Pereira e William, no meio da área, completou de primeira.

Na segunda etapa, o jogo voltou ao mesmo panorama de seu início. Os dois times adotavam as seguidas faltas como estratégia de jogo.

Pior para o Paraná, que viu sua defesa derrubar Rafinha em cima da linha e o ábitro, bem colocado, marcar pênalti. Tcheco converteu com categoria, aos 28min, e fez.

Com o clima tenso, Herrera, do Grêmio, e Emerson, do Paraná, discutiram e foram expulsos. Já nos acréscimos, o lateral-esquerdo paranista Edinho fez falta violenta e também recebeu o cartão vermelho.

Na próxima rodada, o Grêmio vai ao Rio, onde, no sábado, enfrenta o Vasco. O Paraná tentará se reabilitar em casa, no domingo, contra o Fluminense.

Ficha Técnica
Grêmio 2 x 1 Paraná Clube
Equipes
Marcelo
Patrício
William
Pereira
Wellington
Bruno Teles
(Herrera)
Lucas
Ramon
(Rudnei)
Tcheco
Rafinha
Rômulo
(Ricardinho)

Técnico:
Mano Menezes

Flávio
Gustavo
Emerson
Neguete
Angelo
Joelson
(Sandro)
Beto
Pierre
Maicossuel
(Jefferson)
Edinho
Henrique


Técnico:
Caio Júnior

Gols

31min - 1º tempo
William
28min - 2º tempo
Tcheco

16min - 1º tempo
Ângelo
Cartões Amarelos
Bruno Telles
Wellington
Ramon
Tcheco
Gustavo
Neguete
Joelson
Beto
Maicossuel
Cartões Vermelhos
Herrera
Emerson
Edinho
Local: Estádio Olímpico, em Porto Alegre (RS)
Árbitro: Wallace Nascimento Valente (ES)
Público: 40.639 pagantes

Com Lancepress
 

Redação Terra