Boletim

 Fale conosco
Série A
Sábado, 9 de setembro de 2006, 17h55  Atualizada às 20h33
Ponte bate Santa Cruz e sai da "zona da degola"
 
Agência Lance
Danilo comemora o belo gol de falta marcado
Danilo comemora o belo gol de falta marcado
 Últimas de Série A
» São Paulo contrata meia Hugo, diz jornal
» Internautas põem cinco são-paulinos na seleção do Brasileiro
» Artilheiro Souza afirma que quer sair do Goiás
» Internautas elegem Renato, do Fla, o melhor do Brasileiro
Busca
Busque outras notícias no Terra:
A Ponte Preta venceu o Santa Cruz por 2 a 0 e conseguiu sair momentaneamente da zona de rebaixamento. O time pernambucano teve a oportunidade de empatar ainda no primeiro tempo, mas desperdiçou uma cobrança de pênalti.

Veja matéria em vídeo
Veja fotos da rodada
Confira a classificação
Veja os artilheiros
Veja o site do Brasileiro 2006

Com o resultado, o time campineiro está na 15ª posição, com 27 pontos, mas pode ser ultraapassado por São Caetano e Corinthians. Já o Santa Cruz segue na lanterna do Campeonato Brasileiro, com apenas 18 pontos.

A primeira etapa teve muita disputa no meio-de-campo e, por isso, muitas faltas. A Ponte Preta soube explorar os espaços deixados na desorganizada defesa do time pernambucano e aproveitou-se das inúmeras bolas paradas à frente da área do Santa.

Em uma dessas bolas paradas, o time campineiro abriu o placar aos 20min. Luís Mário sofreu falta dura de Wilson Surubim. Danilo cobrou a falta por cima da barreira e colocou no canto esquerdo de Guto, marcando um belo gol.

Após o gol, a Ponte continuou ameaçando o gol de Guto com faltas próximas da área pernambucana. O Santa Cruz contra-atacava e levava perigo, principalmente com Jorge Henrique e Fabrício Ceará.

O time pernambucano teve sua melhor oportunidade de empatar aos 40min. Junior Maranhão chutou de fora da área, Jean espalmou, no rebote, Márcio Alemão passou para Ceará que na pequena área foi derrubado pelo goleiro, sofrendo pênalti.

Ceará bateu fraco no canto esquerdo, Jean fez a defesa e evitou o empate dos pernambucanos.

No segundo tempo, o Santa Cruz voltou partindo para o ataque, buscando o empate. A Ponte não soube explorar os espaços deixados pelos visitantes e perdeu inúmeras oportunidades, com Luís Mário, Danilo, Vélber e Tuto, que entrou depois.

Aos 29min, Jean voou e fez defesa espetacular em cabeçada de Ceará, na melhor chance do Santa na segunda etapa. Depois da defesa de Jean, a Ponte apenas segurou o jogo.

O time campineiro matou a partida nos acréscimos do segundo tempo. Tuto fez boa jogada pela esquerda e deu um toque sutil por cima do goleiro Guto para marcar o segundo da equipe paulista.

Na próxima rodada, a Ponte Preta tenta seguir a boa campanha, jogando contra o Santos, em casa. Já o Santa Cruz vai ao Paraná, enfrentar o Atlético-PR.

Ficha Técnica
Ponte Preta 2 x 0 Santa Cruz
Equipes

Jean
Nei
Preto
Régis
Iran
Ricardo Conceição
Carlinhos
Fábio Baiano
(Emerson)
Danilo
(Almir)
Luís Mário
(Tuto)
Vélber

Técnico:
Marco Aurélio

Guto
Osmar
(Nenê)
Márcio Alemão
Zé Adriano
(Sidrailson)
Cássio
Augusto Recife
Junior Maranhão
Wilson Surubim
Washington
(Edson Di)
Jorge Henrique
Ceará

Técnico:
Ernesto Guedes

Gols

20min - 1° tempo
Danilo
48min - 2 ° tempo
Tuto

Cartões Amarelos
Ricardo Conceição
Danilo

Márcio Alemão
Zé Adriano
Augusto Recife
Wilson Surubim
Washington

Local: Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP)
Árbitro: Evandro Rogério Roman (PR)
Público e Renda: 7.677 pagantes / R$ 73.165,00

Com Lancepress!
 

Redação Terra