Boletim

 Fale conosco
Série A
Sábado, 9 de setembro de 2006, 20h02  Atualizada às 22h47
Prateado, Palmeiras vence São Caetano e respira
 
Marcelo Pereira/Terra
Edmundo tenta chute e é travado. O atacante fez belo gol aos 32min de jogo
Edmundo tenta chute e é travado. O atacante fez belo gol aos 32min de jogo
 Últimas de Série A
» São Paulo contrata meia Hugo, diz jornal
» Internautas põem cinco são-paulinos na seleção do Brasileiro
» Artilheiro Souza afirma que quer sair do Goiás
» Internautas elegem Renato, do Fla, o melhor do Brasileiro
Busca
Busque outras notícias no Terra:
Em duelo entre duas equipes a perigo de serem rebaixadas, o Palmeiras, com estréia do uniforme prateado, levou a melhor sobre o São Caetano em vitória por 3 a 1, respirou na classificação e não permitiu que a equipe do ABC deixasse a zona de rebaixamento.

Veja reportagem em vídeo
Veja fotos da rodada deste sábado
Confira a classificação
Veja os artilheiros
Veja o site do Brasileiro 2006

Com o resultado, o time do técnico Tite chegou a 30 pontos e se distanciou do melhor colocado na zona de rebaixamento, o time do ABC, em quatro pontos.

Em tarde inspirada de Paulo Baier, que fez um gol e cruzou para outro, o Palmeiras começou perdendo, mas virou para cima do time azul, e levou à loucura o grande público alviverde presente ao estádio do Parque Antarctica.

Além do lateral-direito, o zagueiro Daniel e o atacante Edmundo fizeram pelo time da casa. Pelo lado da equipe azul, o atacante Marcelinho deixou sua marca.

O jogo

Logo aos 2min de jogo, a torcida do Palmeiras leva um susto, com um golaço dos adversários. Marcelinho chutou forte de fora da área, e a bola entrou no ângulo esquerdo, sem chances para Diego Cavalieri.

A resposta ao golpe não dura muito, com empate cinco minutos depois. Paulo Baier bateu escanteio para a área, e Daniel cabeceou no canto direito de Mauro.

O time do ABC, dominando a partida, não aproveitou as oportunidades que criou. A alegria dos torcedores palmeirenses ficou ainda maior doze minutos depois.

Edmundo chutou de fora da área, Mauro espalmou, e, no rebote, Enílton cruzou na cabeça de Paulo Baier, que livre completou para as redes.

Aos 32min, nova festa do público do Parque Antarctica. Edmundo entrou em velocidade pelo meio e chutou de bico no canto esquerdo de Mauro.

O quarto quase saiu aos sete minutos da etapa final. Paulo Baier, mais uma vez ele, acertou a trave e, na seqüência, fez de cabeça, mas o impedimento foi corretamente marcado.

O Palmeiras voltará a campo no próximo domingo, às 16h, quando visitará o Cruzeiro. No mesmo dia e horário, o São Caetano pega o Juventude no Sul.

Ficha Técnica
Palmeiras 3 x 1 São Caetano
Equipes

Diego
Dininho
Daniel
Alceu
Paulo Baier
Roger Bernardo
Wendel
Juninho Paulista
(Marcelo Costa)
Edmundo
(Roger)
Chiquinho
Enílton
(Marcinho)


Técnico:
Tite

Mauro
Gustavo
(Neto)
Cléber
(Alex)
Thiago
Anderson Lima
Daniel
Marabá
Élton
(Preto)
Canindé
Marcelinho
Wellington Amorim


Técnico:
Hélio dos Anjos

Gols

2min - 1° tempo
Marcelinho

7 min - 1º tempo
Daniel
19 min - 1 º tempo
Paulo Baier
32 min - 1 º tempo
Edmundo
Cartões Amarelos
Diego
Dininho
Daniel
Roger Bernardo
Neto
Anderson Lima
Marcelinho
Wellington Amorim
Local: Estádio Palestra Itália, em São Paulo (SP)
Árbitro: Wilson Luiz Seneme (Fifa-SP)
Público e renda: 19.605 pagantes e R$ 225.880,00

Com Lancepress!
 

Redação Terra