Boletim

 Fale conosco
Série A
Quinta, 5 de outubro de 2006, 22h30 
Santos bate Corinthians e segue na briga pelo título
 
Marcelo Pereira/Terra
Leandro comemora o segundo gol santista na partida
Leandro comemora o segundo gol santista na partida
 Últimas de Série A
» São Paulo contrata meia Hugo, diz jornal
» Internautas põem cinco são-paulinos na seleção do Brasileiro
» Artilheiro Souza afirma que quer sair do Goiás
» Internautas elegem Renato, do Fla, o melhor do Brasileiro
Busca
Busque outras notícias no Terra:
O Santos conquistou uma excelente vitória sobre o Corinthians por 3 a 0, no Pacaembu, se manteve na cola do Grêmio na vice-liderança e continua na briga pelo título brasileiro. O jogo foi marcado pela pressão corintiana e pelos bons contra-golpes santistas que fizeram a diferença no clássico.

Veja reportagem em vídeo
Veja fotos do jogo
Comente a rodada
Confira a classificação
Veja os artilheiros
Veja o site do Brasileiro 2006

Com o resultado, o alvinegro praiano chegou aos 46 pontos e tirou a terceira colocação do Inter. Já o Corinthians segue ameaçado pela zona de rebaixamento, na 16ª posição, com 32 pontos.

O jogo começou movimentado, até que aos 5min, o Santos perdeu seu capitão. Marcus Vinícius despachou para o campo de ataque, Kléber se apoiou nas costas de Rosinei e a falta foi marcada. Roger levantou na área, Fábio Costa tirou de soco e ficou no chão, sentindo uma trombada com Cléber Santana. O goleiro teve de ser substituído pelo novato Felipe.

A primeira boa chance foi do time corintiano. Aos 9min, César partiu em velocidade pela esquerda, tocou para Roger, que ajeitou de letra até Amoroso. A batida de primeira saiu torta, à direita do gol de Felipe.

O Corinthians chegou novamente com perigo aos 14min. Amoroso fez lindo giro sobre a zaga e abriu para Rosinei, do lado direito da área. O bom chute foi espalmado por Felipe, pela linha de fundo.

Melhor na partida o time da capital paulista chegou novamente no minuto seguinte. Mais um cruzamento na área, Marcus Vinícius não alcançou. Magrão tentou batida colocada, com efeito, mas Felipe praticou boa defesa.

A primeira chance santista só aconteceu aos 21min. Marcelo Mattos cometeu falta em Zé Roberto. No levantamento, Tiuí desviou de cabeça e exigiu grande defesa de Marcelo, que pôs para escanteio.

O Corinthians chegou novamente com perigo aos 34min. Cléber Santana acertou Magrão, Seneme mandou seguir. Roger arrancou bonito pela esquerda, cruzou bem, Rosinei desviou de cabeça, à esquerda do gol de Felipe.

O time corintiano pressionava quando o Santos abriu o placar. Roger cruzou e a zaga santista rebateu. Dênis partiu em velocidade pela direita, rumo à área. Marcelo Mattos cometeu falta dura e recebeu o amarelo. Na cobrança, Kléber bateu com categoria e acertou o ângulo esquerdo de Marcelo.

No segundo tempo, o time corintiano voltou pressionando novamente em busca do empate. Aos 13min, Marcelo Mattos soltou uma bomba de fora da área, Felipe espalmou para escanteio.

O Corinthians seguia melhor no jogo. Aos 24min, César se mandou no apoio e ganhou escanteio. Roger cruzou, Marinho tentou duas vezes, mas a zaga pôs a bola para a lateral.

Quando o time da capital pressionava e complicava a vida de Felipe, o time santista aumentou o marcador em uma jogada de contra-ataque. Aos 33min, Zé Roberto ajeitou com grande precisão para Leandro, que acertou um belo chute no canto direito de Marcelo.

A equipe corintiana se perdeu ao levar o segundo gol e acabou vendo o Santos aumentar a vantagem dois minutos depois. A zaga corinthiana parou, Tabata enfiou linda bola para Zé Roberto, que tomou a frente da zaga e cutucou por baixo de Marcelo, acabando com qualquer chance dos rivais. Na comemoração, o meio-campista recebeu o segundo amarelo por retardar o reinício de jogo.

As chances corintianas se complicaram ainda mais quando o volante Magrão pegou Leandro sem bola e foi expulso. O time da capital ainda teve chance de diminuir aos 37min. Marcus Vinícius arriscou de fora da área e acertou o travessão santista.

Após isso, foi a vez do jovem Felipe brilhar ainda mais no clássico. Aos 41min, Ramón partiu para jogada individual, bateu forte e Felipe espalmou para escanteio.

Na cobrança, César cruzou, Marcelo Mattos acertou forte cabeceio, que parou uma vez mais no goleiro santista.

Na próxima rodada, a equipe santista tem confronto direto contra o Grêmio, na Vila Belmiro. Já o Corinthians tenta a reabilitação no Campeonato Brasileiro contra o Goiás, no Serra Dourada.

Ficha Técnica
Corinthians 0 x 3 Santos
Equipes

Marcelo
Marinho
Marquinhos
(Ramón)
Marcus Vinícius
Rosinei
Marcelo Mattos
Magrão
Renato
(Rafael Moura)
Roger
César
Amoroso



Técnico:
Emerson Leão

Fábio Costa
(Felipe)
Dênis
Luiz Alberto
Ronaldo Guiaro
Kléber
Maldonado
André Luiz
(R. Tabata)
Cléber Santana
Zé Roberto
Wellington Paulista
(Leandro)
Rodrigo Tiuí


Técnico:
Vanderlei Luxemburgo

Gols


40min - 1º tempo
Kléber
33min - 2º tempo
Leandro
35min - 2º tempo
Zé Roberto
Cartões Amarelos
Marquinhos
Marcus Vinícius
Marcelo Mattos
Ronaldo Guiaro
Kléber
Maldonado
Wellington Paulista
Leandro
Cartões Vermelhos
Magrão
Zé Roberto
Local: Estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP)
Árbitro: Wilson Luiz Seneme (SP)
Público / Renda : 21.143 / R$ 342.650,00

 
Redação Terra