Boletim

 Fale conosco
Série A
Quinta, 2 de novembro de 2006, 22h30  Atualizada às 01h08
Inter vence Botafogo e reduz vantagem do São Paulo
 
Agência Estado
Alex marcou o gol salvador que fez o Inter se aproximar do São Paulo
Alex marcou o gol salvador que fez o Inter se aproximar do São Paulo
 Últimas de Série A
» São Paulo contrata meia Hugo, diz jornal
» Internautas põem cinco são-paulinos na seleção do Brasileiro
» Artilheiro Souza afirma que quer sair do Goiás
» Internautas elegem Renato, do Fla, o melhor do Brasileiro
Busca
Busque outras notícias no Terra:
Com um gol de pênalti no final da partida, o Internacional conseguiu uma importante vitória sobre o Botafogo por 1 a 0, no Maracanã, e reduziu a vantagem do São Paulo para cinco pontos na liderança, já que o rival tricolor ficou no empate por 1 a 1 contra a Ponte Preta, no Morumbi.

Após críticas, árbitro nega que pediu camisas do Botafogo
Torcida tenta agredir o zagueiro Fabiano Eller
Cuca diz que árbitro é prepotente e arrogante
Veja fotos da rodada
Confira a classificação
Veja os artilheiros
Veja o site do Brasileiro 2006

O final da partida foi marcado por uma revolta dos botafoguenses, que não aceitaram a penalidade marcada pelo árbitro Wilson Souza de Mendonça. Jogadores e dirigentes foram tirar satisfação com o árbitro, que teve de sair do Maracanã escoltado pela polícia.

A equipe colorada tem agora 59 pontos, contra 64 do São Paulo. Já o Botafogo, com a derrota, permaneceu na nona colocação com 46 pontos, e se viu mais distante da tão sonhada vaga para a Libertadores.

O Botafogo começou pressionando e logo nos primeiros minutos perdeu duas boas chances de abrir o placar com o atacante Reinaldo. O Inter também chegou com perigo com o apoiador Iarley. Depois de dez minutos alucinantes, a partida caiu um pouco de ritmo, mas só um pouco.

O Inter assustou com uma bola na trave, em cobrança de falta de Alex, mas o Botafogo devolveu e carimbou a trave de Renan logo em seguida, em um cruzamento de Ruy.

O jogo continuava agitado e o Botafogo dominava as ações com boas atuações de Reinaldo e Zé Roberto. O técnico Cuca foi obrigado a tirar Reinaldo, com um problema no tornozelo, e colocar Felipe Adão, que só marcou cinco gols no ano.

No segundo tempo, os dois times não conseguiram manter o ritmo alucinante da primeira etapa, mas o jogo continuava com um bom nível técnico.

O Botafogo pressionava e o time colorado usava os contra-ataques como principal arma. Em um lance de Luiz Adriano, Max evitou o gol dos gaúchos. O time alvinegro finalizava mais, porém a melhor chance foi de Luiz Adriano, que perdeu gol incrível, com o goleiro Max batido no lance.

Aos 25min, o meio-campista Lúcio Flávio entrou no lugar de Wando depois de sete meses afastado dos gramados, devido a uma lesão nos ligamentos do joelho direito para a alegria da torcida alvinegra.

Porém, sem ritmo de jogo, ele não foi o mesmo jogador do Campeonato Carioca. Mesmo assim, o meia assustou em uma jogada de bola parada, defendida com dificuldade por Renan.

Quando o jogo parecia que iria terminar em 0 a 0, veio o gol salvador da equipe do Inter, aos 46min da segunda etapa.

Luiz Adriano invadiu a área e acabou sendo tocado por Asprilla. O árbitro marcou pênalti. Na cobrança, Alex bateu bem no canto direito de Max e deu a vitória ao time gaúcho.

Na próxima rodada, o Botafogo fará o clássico contra o Fluminense, no Maracanã, enquanto o Internacional terá o Grêmio, no Gre-Nal, do Olímpico.

Ficha Técnica
Botafogo 0 x 1 Internacional
Equipes

Max
Rafael Marques
Juninho
Asprilla
Ruy
(Joílson)
Diguinho
Claiton
Zé Roberto
Júnior César
Wando
(Lúcio Flávio)
Reinaldo
(Felipe Adão)



Técnico:
Cuca

Renan
Ceará
Índio
Fabiano Eller
Hidalgo
Edinho
Wellington Monteiro
Perdigão
(Adriano)
Alex
Michel
(Luiz Adriano)
Iarley
(Rentería)



Técnico:
Abel Braga

Gols


46min - 2º tempo
Alex
Cartões Amarelos
Rafael Marques
Claiton
Felipe Adão
Fabiano Eller
Hidalgo
Wellington Monteiro
Local: Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Wilson Souza de Mendonça (PE)
Público e Renda : 18.267 pagantes / R$ 161.090,00

Com Lancepress!
 

Redação Terra