Boletim

 Fale conosco
Série A
Domingo, 3 de dezembro de 2006, 18h00  Atualizada às 22h23
Aliviados, Flu e Palmeiras empatam na despedida
 
Fotocom.net/Divulgação
Fluminense e Palmeiras se despediram com um empate sem muitas emoções
Fluminense e Palmeiras se despediram com um empate sem muitas emoções
 Últimas de Série A
» São Paulo contrata meia Hugo, diz jornal
» Internautas põem cinco são-paulinos na seleção do Brasileiro
» Artilheiro Souza afirma que quer sair do Goiás
» Internautas elegem Renato, do Fla, o melhor do Brasileiro
Busca
Busque outras notícias no Terra:
Com uma péssima campanha no Campeonato Brasileiro deste ano, Fluminense e Palmeiras se despediram do torneio com um empate por 1 a 1, no Maracanã. Sem nenhuma pretensão, as duas equipes fizeram um jogo de poucas emoções.

Veja reportagem em vídeo
Veja fotos da rodada
Escolha a Seleção do Brasileiro
Confira a classificação
Veja os artilheiros
Veja o site do Brasileiro 2006

Com o resultado, a equipe carioca encerrou o torneio na 15ª posição, com 45 pontos. Já o Palmeiras termina o Brasileiro na 16ª colocação, com 44 pontos.

O time do Fluminense abriu o marcador logo aos 3min. André Moritz fez jogada pessoal pela esquerda, ele tocou para Cláudio na entrada da grande área, o atacante ajeitou e tocou no canto direito de Sérgio.

De início, o Palmeiras sentiu o golpe, deixando o Fluminense ter mais volume de jogo. Mas, aos poucos, o time alviverde foi equilibrando as ações e teve algumas chances de empatar.

Em uma delas, aos 15min, Valdivia invadiu a área pela esquerda e chutou para Ricardo Berna fazer excelente defesa. Na sobra, Enílton cabeceou e o goleiro mandou para escanteio.

Aos 25min, o atacante palmeirense Enílton fez uma falta violenta no zagueiro Thiago Silva e recebeu apenas cartão amarelo. Seis minutos depois, após nova dividida entre os dois, ambos trocaram xingamentos e o árbitro Heber Roberto Lopes não hesitou em expulsá-los.

A partida ficou mais aberta com dez jogadores para cada lado com lances perigosos para as duas equipes. Em um contra-ataque, o time paulista conseguiu empate aos 36min. Cruzamento da direita, a zaga carioca cortou mal e a bola sobrou para Michael que chutou firme para empatar.

Muito pelo calor que fazia no Maracanã, o segundo tempo começou em um ritmo muito mais lento. A primeira finalização na segunda etapa só surgiu aos 11min, quando o zagueiro palmeirense Nen avançou pelo meio com a bola dominada, mas chutou para fora.

A qualidade do jogo caiu tanto no segundo tempo que a melhor chance até então, aos 22minu, surgiu de uma jogada irregular. O atacante Beto, em posição de impedimento, foi lançado e conseguiu tocar na bola antes de trombar com o goleiro Sérgio. O juiz não marcou a irregularidade, mas a bola foi para fora.

O Fluminense ainda buscava a vitória. Aos 37min, Cláudio Pitbull avançou pela direita e cruzou. Sem jeito, Romeu finalizou para fora. Sérgio estava batido no lance.

Na última boa chance do jogo, aos 43min, Radamés mandou para a área e Alex arriscou de primeira. A bola passou rente à trave.

Ficha Técnica
Fluminense 1 x 1 Palmeiras
Equipes

Ricardo Berna
Rissut
(Radamés)
Marcão
Thiago Silva
Roger
Romeu
Bruno
(Anderson)
André Moritz
(Alex)
Arouca
Cláudio
Beto


Técnico:
Paulo César Gusmão

Sérgio
Thiago Gomes
Nen
Dininho
Amaral
Francis
Wendel
(Roger Bernardo)
Valdívia
Michael
Marcinho
(Cláudio)
Enílton



Técnico:
Jair Picerni

Gols

3min - 1° tempo
Cláudio

36min - 1º tempo
Michael
Cartões Amarelos

Francis
Wendel
Dininho
Cartões Vermelhos
Thiago Silva Enílton
Local: Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Heber Roberto Lopes (Fifa-PR)
Público e Renda: 6.596 pagantes / R$ 81.389,00

Com Lancepress!
 

Redação Terra