Boletim

 Fale conosco
Série A
Domingo, 16 de abril de 2006, 20h05  Atualizada às 10h42
Ponte derruba Palmeiras em pleno Parque Antarctica
 
Reinaldo Marques/Terra
Jogadores da Ponte festejam um dos gols no triunfo sobre o Palmeiras
Jogadores da Ponte festejam um dos gols no triunfo sobre o Palmeiras
 Últimas de Série A
» São Paulo contrata meia Hugo, diz jornal
» Internautas põem cinco são-paulinos na seleção do Brasileiro
» Artilheiro Souza afirma que quer sair do Goiás
» Internautas elegem Renato, do Fla, o melhor do Brasileiro
Busca
Busque outras notícias no Terra:
A Ponte Preta foi até o estádio do Parque Antarctica e derrotou o Palmeiras por 3 a 2, neste domingo, na estréia de ambas equipes no Campeonato Brasileiro deste ano.

Confira reportagem em vídeo
Veja fotos
Confira a classificação
Comente os resultados
da primeira rodada

Com o resultado, a equipe alviverde começou mal a caminhada no Nacional. Sem somar nenhum ponto, o clube é um dos lanternas do torneio.

A torcida, insatisfeita com a atuação do time, mais uma vez pegou no pé de alguns jogadores. Paulo Baier, por exemplo, quando foi substituído na etapa final pelo garoto Cláudio, foi bastante vaiado.

Já a Ponte Preta, após fraca campanha no Campeonato Paulista, garante seus primeiros três pontos mesmo atuando longe de casa.

Mais tranqüila em campo, a Ponte Preta conquistou uma boa vantagem logo no primeiro tempo do duelo.

Aos 36min, Almir aproveitou cruzamento da ponta direita e, sozinho na pequena área, só completou para as redes.

A equipe campineira dobrou a vantagem aos 43min. Luis Mário recebeu na grande área, girou em cima da marcação e bateu rasante, no canto direito do goleiro Sérgio: 2 a 0.

O Palmeiras tentou reagir na etapa final. O técnico Leão, insatisfeito, voltou do intervalo com a dupla Ricardinho e Cristian nos lugares dos laterais Amaral e Márcio Careca, respectivamente.

A equipe alviverde atacou com mais freqüência, mas errava demais nas finalizações. A Ponte, bem postada atrás, só esperava o tempo passar.

Entretanto, aos 20min, a equipe campineira fez o terceiro. Após cruzamento na área, o zagueiro Douglas desviou de cabeça e acabou marcando gol contra.

O Palmeiras deu o troco no lance seguinte. Cristian dominou na entrada da área e chutou com estilo, no ângulo direito do goleiro Jean, que nada pôde fazer.

Na seqüência, Edmundo acertou bonito chute dentro da área e Jean fez boa defesa, evitando o segundo gol palmeirense.

Aos 41min, contudo, o goleiro não conseguiu salvar o time. Correa cobrou falta da direita e Edmundo cabeceou para o chão, sem chance de defesa: 3 a 2.

Na próxima rodada, o Palmeiras vai até Florianópolis enfrentar o Figueirense, no sábado, enquanto a Ponte Preta joga diante da sua torcida, no domingo, contra o Vasco.

Ficha Técnica
Palmeiras 2 x 3 Ponte Preta
Equipes
Sérgio
Amaral
(Cristian)
Douglas
Leonardo Silva
Márcio Careca
(Ricardinho)
Marcinho Guerreiro
Correa
Paulo Baier
(Cláudio)
Marcinho
Edmundo
Washington

Técnico:
Émerson Leão

Jean
Luciano Baiano
Thiago Mathias
Rafael Santos
Iran
Ricardo Conceição
Da Silva
André Silva
Danilo
(Jean Carlos)
Almir
(Juliano)
Luís Mário
(Adauto)

Técnico:
Oswaldo Alvarez

Gols

21min - 2º tempo
Cristian
41min - 2º tempo
Edmundo

37min - 1º tempo
Almir
43min - 1º tempo
Luís Mário
20min - 2º tempo
Douglas (contra)
Cartões Amarelos
Marcinho
Edmundo
Iran
Ricardo Conceição
Da Silva
André Silva
Luís Mário
Local: Estádio do Parque Antarctica, em São Paulo (SP)
Árbitro: Djalma José Beltrami (RJ)

 
Redação Terra