Boletim

 Fale conosco
Série A
Domingo, 23 de abril de 2006, 17h58  Atualizada às 19h29
Sem torcida, Santos vence a primeira no Brasileiro
 
Agência Lance
Denigris comemora primeiro gol pelo Santos
Denigris comemora primeiro gol pelo Santos
 Últimas de Série A
» São Paulo contrata meia Hugo, diz jornal
» Internautas põem cinco são-paulinos na seleção do Brasileiro
» Artilheiro Souza afirma que quer sair do Goiás
» Internautas elegem Renato, do Fla, o melhor do Brasileiro
Busca
Busque outras notícias no Terra:
Com portões fechados para o público, o Santos bateu o Atlético-PR por 2 a 0, neste domingo, em Mogi Mirim, conquistando a primeira vitória no Campeonato Brasileiro 2006.

Confira a classificação
Confira o site especial Brasileiro 2006

Nenhum torcedor presenciou o primeiro triunfo santista já que o clube fui punido pelo STJD a jogar duas partidas com estádio vazio - a segunda será no dia 7 de maio, contra o Fortaleza, em Santo André.

A punição é conseqüência de acontecimentos na partida Santos 2 x 1 Botafogo, na penúltima do Brasileiro do ano passado, na Vila Belmiro, quando a torcida atirou ovos no campo, protestando contra a má-fase do time, que chegou a ser goleado por 7 a 1 pelo rival Corinthians.

No jogo deste domingo a torcida não fez falta e o time da Baixada venceu com tranqüilidade um adversário que vive um mau momento desde a saída do técnico alemão Lothar Matthäus.

Desde então, o Atlético-PR foi eliminado do Campeonato Paranaense pela Adap e da Copa do Brasil pelo Volta Redonda.

O Santos abriu o placar com um gol do a atacante mexicano De Nigris, o primeiro dele com a camisa santista e o primeiro da equipe da baixada no campeonato.

No segundo tempo, o atacante Reinado recebeu lançamento na área e tocou na saída do goleiro, definindo o marcador.

Com o resultado, o Santos soma quatro pontos e está na terceira posição. O Atlético-PR ainda não pontuo e é o vice-lanterna, à frente do Palmeiras.

O jogo

O Santos foi melhor desde o início e criou duas chances antes de abrir o placar aos 10min.

Aos 11min, o lateral-esquerdo Kleber invadiu a área parananense, se enrolou com a zaga, mas conseguiu, com um passar de calcanhar, deixar o mexicano De Nigris livre para empurrar a bola para dentro: 1 a 0.

Após o gol, o time da baixada continuou dominando as ações da partida, mas foi o Atlético-PR quem teve a melhor oportunidade. Aos 29min, Carlos Alberto bateu uma falta, que passou perto do gol de Fábio Costa.

Cinco minutos depois, o ala-direito Neto, que substituiu Fabinho lesionado, e que fez a sua melhor apresentação pelo Santos, chutou duas bolas com perigo ao gol de Cléber.

Logo no começo da segunda etapa, aos 3min, De Nigris quase ampilou o resultado ao cabecear, com o gol vazio. Mas Cléber se recuperou bem e fez uma excelente defesa.

O Atlético-PR melhorou na partida, mas não conseguiu criar uma boa chance. Aos 27min, o Santos matou a partida. Tabata, que acabara de entrar, deu excelente passe para Reinaldo que invadiu a área e bateu na saída do goleiro Cléber.

A partir daí os dois times diminuíram o ritmo e a partida ficou monótona.

Na próxima rodada, o Santos fará clássico com o Palmeiras, domingo, fora de casa. Antes disso, pegará o Ipatinga, quarta-feira, na Vila Belmiro, pela Copa do Brasil.

Já o Atlético-PR tentará se recuperar contra o Botafogo, no próximo sábado, no Rio de Janeiro.

Ficha Técnica
Santos 2 x 0 Atlético-PR
Equipes
Fábio Costa
Luiz Alberto
(Domingos)
Ronaldo Guiaro
Manzur
Neto
Wendel
(Heleno)
Cléber Santana
Léo Lima
Kléber
De Nigris
(R. Tabata)
Reinaldo

Técnico:
Vanderlei Luxemburgo

Cléber
Carlos Alberto
(Denis Marques)
Danilo
Paulo André
Fabrício
(Ivan)
Alan Bahia
Erandir
Evandro
(Válber)
Ferreira
Pedro Oldoni
Ferreira

Técnico:
Givanildo de Oliveira

Gols

11min - 1° tempo
De Nigris
27min - 2° tempo
Reinaldo

Local: Estádio João Paulo II, em Mogi Mirim (SP)
Árbitro: Clever Assunção Gonçalves (MG)

Com Lancepress


 

Redação Terra