Boletim

 Fale conosco
Série A
Domingo, 23 de abril de 2006, 18h05  Atualizada às 19h50
Vasco arranca vitória sobre Ponte no fim da partida
 
Agência Lance
O Vascaíno Morais, que anotou dois, corre com bola dominada
O Vascaíno Morais, que anotou dois, corre com bola dominada
 Últimas de Série A
» São Paulo contrata meia Hugo, diz jornal
» Internautas põem cinco são-paulinos na seleção do Brasileiro
» Artilheiro Souza afirma que quer sair do Goiás
» Internautas elegem Renato, do Fla, o melhor do Brasileiro
Busca
Busque outras notícias no Terra:
Jogando no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas, o Vasco conseguiu arrancar três pontos da Ponte Preta ao vencer o time campineiro por 2 a 1, neste domingo, pela segunda rodada do Brasileiro. A equipe paulista, que ainda desperdiçou um pênalti, permaneceu com três pontos enquanto o time carioca chegou a quatro.

Confira a classificação
Confira o site especial Brasileiro 2006

O time cruzmaltino sustenta, agora, uma invencibilidade de sete jogos. Todos os gols do jogo foram marcados após os 40 minutos da etapa final, e os dois do Vasco foram de autoria do meia Morais.

O jogo começou aberto, com as duas equipes chegando ao ataque. A primeira chance foi da Ponte Preta. Luís Mário abriu na esquerda para Iran, que bateu rasteiro para fora.

Aos 14min, Luís Mário recebeu bola em profundidade, caiu na área e ficou pedindo pênalti, que teria sido cometido por Jorge Luiz. O árbitro mandou o jogo seguir.

As melhores chances do Vasco vinham dos pés de Morais e Valdiram. Aos 25min, o apoiador cruzmaltino arriscou forte chute de longe e o goleiro Jean espalmou para escanteio. Cinco minutos depois, Valdiram fez bela jogada. Após passe de Edílson, o camisa 7 driblou um zagueiro e chutou para boa defesa do goleiro da Ponte Preta.

Aos 38min, o time da casa perdeu grande oportunidade de abrir o placar, em pênalti mal marcado pelo árbitro Alicio Pena Júnior e muito contestado pelos jogadores do Vasco. Luís Mário cobrou no canto direito e o goleiro Cássio fez bela defesa.

O Vasco teve sua última chance de abrir o marcador aos 44min. Valdiram arriscou de pé direito, da entrada da área, mas a bola subiu demais e foi para fora.

Na etapa final, a Ponte Preta entrou em campo com força total e chegou a colocar pressão em cima do Vasco, que não conseguia chegar ao campo de ataque. Aos 6min, Ricardo Conceição chutou forte, mas o goleiro Cássio fez boa defesa, evitando o gol da equipe da casa.

O time de Campinas perdeu outra chance aos 12min. Luciano Baiano inverteu bola para Almir, que escolheu o canto e bateu colocado, mas o zagueiro Fábio Braz, com um chutão, afastou o perigo, evitando o gol. Apenas dois minutos depois, Luciano Baiano, de novo, colocou a bola na área e Iran, de frente para o gol, perdeu chance incrível.

O Vasco mal conseguia chegar ao campo de ataque. Aos 27min, Faioli recebeu bola enfiada, mas o árbitro marcou impedimento. Dois minutos depois, Ramon arriscou chute de fora da área e a bola bateu na trave, assustando o goleiro Jean.

Aos 34min, a Ponte Preta quase abriu o placar, mas outra vez esbarrou nas boas defesas do goleiro Cássio. Luís Mário abriu na direita para Luciano Baiano, que bateu forte para Cássio espalmar para fora.

Apesar de ter sofrido pressão durante boa parte do jogo, o Vasco abriu o marcador, com Morais. Faioli lançou em profundidade, a zaga da Ponte Preta ficou só olhando e Morais apareceu, sem marcação, para completar.

Dois minutos depois, o camisa 8 do Vasco, melhor jogador em campo, marcou seu segundo. O goleiro Jean foi para o ataque tentar o gol de empate em cobrança de escanteio. A zaga do Vasco cortou e arrancou em rápido contra-ataque. Edílson lançou Morais, que fez mais um gol.

Nos acréscimos, a Ponte Preta ainda conseguiu descontar, com Ricardo Conceição. Aos 46min, o meia acertou chute de longe e marcou um belo gol.

Na próxima rodada do Brasileiro, o Vasco recebe o Fluminense, no domingo, em São Januário. Mas, na próxima quinta-feira, visita o Volta Redonda, pelo primeiro jogo das quartas-de-final da Copa do Brasil. Já a Ponte Preta, recebe o Corinthians, também no domingo, no Moisés Lucarelli.

Ficha Técnica
Ponte Preta 1 x 2 Vasco
Equipes
Jean
Luciano Baiano
Thiago Matias
Rafael Santos
Iran
André Silva
(Jean Carlos)
Da Silva
Ricardo Conceição
Danilo
(Adauto)
Luís Mário
Almir


Técnico:
Oswaldo Alvarez

Cássio
Wagner Diniz
Jorge Luiz
Fábio Braz
Diego
Ygor
Andrade
(Abedi)
Ramon
(Claudemir)
Morais
Valdiram
(Faioli)
Edílson

Técnico:
Renato Gaúcho

Gols

46min - 2 ° tempo
Ricardo Conceição


40min - 2 ° tempo
Moraes
42min - 2 ° tempo
Moraes
Cartões Amarelos
Rafael Santos
Da Silva
Luís Mário
 
Local: Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas
Árbitro: Luiz Alberto Bites (GO)
Público e renda: 4.362 pagantes e R$ 39.627,00

Com Lancepress


 

Redação Terra