Série A

Série A

Sábado, 12 de maio de 2007, 19h59 

Sem torcida, São Paulo derrota Goiás em estréia

Ricardo Fontanesi
Agência Lance

Punido, São Paulo teve que estrear no Brasileiro com o Morumbi vazio
Busca
Saiba mais na Internet sobre:
Busque outras notícias no Terra:

Mesmo com as arquibancadas do Morumbi vazias, o São Paulo começou bem a sua trajetória em busca do pentacampeonato nacional. Atual campeão, o time derrotou o Goiás por 2 a 0, neste sábado, na estréia de ambos no Brasileiro deste ano.

» Veja reportagem em vídeo
» Veja fotos da rodada

» Confira a tabela
» Veja a classificação
» Confira os artilheiros
» Comente o resultado

» Veja as últimas do São Paulo
» Veja as últimas do Goiás

São Paulo e Goiás voltam a jogar pelo Brasileiro no próximo domingo. Enquanto o time paulista irá até Recife enfrentar o Náutico, a equipe goiana receberá o Flamengo no Estádio Serra Dourada.

O jogo começou sem a presença dos torcedores no Morumbi. Isso porque o São Paulo foi punido por conta da invasão de um torcedor na partida contra o Paraná, na última rodada do Brasileiro de 2006.

A partida começou lenta. Os dois times tentavam o ataque e criavam poucas jogadas para abrir o placar. Enquanto o Goiás apostava nas bolas paradas, o São Paulo tentava surpreender no contra-ataque.

E foi em um deles que o time da casa abriu o placar. Aos 17min, a bola sobrou para Jorge Wagner na intermediária. O jogador acertou um belo chute com a perna esquerda e encobriu o goleiro Harlei.

No minuto seguinte, em uma jogada de ataque, os jogadores são-paulinos reclamaram de pênalti não marcado em cima de Borges. O árbitro, porém, mandou a jogada seguir e ignorou os protestos.

Em desvantagem, os jogadores do Goiás tocavam a bola no meio-campo, na tentativa de armar algumas jogadas de ataque e surpreender os donos da casa. Já o São Paulo manteve a busca pelo segundo gol e foi premiado.

Aos 35min, Diego derrubou Dagoberto dentro da área. Na cobrança do pênalti, Rogério Ceni mandou a bola no ângulo direito de Harlei. O goleiro foi no canto certo, mas não conseguiu defender.

Dois minutos depois, Borges entrou na área e ficou cara-a-cara com Harlei. O atacante chutou forte e o goleiro esmeraldino fez uma bela defesa, evitando o que seria o terceiro gol do São Paulo.

Até o fim do primeiro tempo, São Paulo e Goiás tentaram levar perigo no campo de ataque, mas não converteram suas chances. Com isso, as duas equipes foram para o vestiário com o placar de 2 a 0.

A etapa final começou e o Goiás quase diminuiu a diferença no placar. Aos 3min, Fabiano Oliveira aproveitou uma falha da zaga do São Paulo, carregou a bola, mas chutou fraco para defesa de Rogério Ceni.

O Goiás voltou a levar perigo ao gol de Rogério Ceni aos 7min, em uma cobrança de escanteio. A bola foi cruzada para a área e o goleiro são-paulino saiu mal, mas ninguém aproveitou para marcar.

A resposta do São Paulo veio aos 11min. Após bola levantada na área do Goiás, Dagoberto conseguiu chegar ao lance, mas cabeceou para fora e desperdiçou a chance de gol.

Mesmo com o lance são-paulino, era o Goiás quem tentava mais o ataque. O time esmeraldinho tinha mais posse de bola, mas não conseguia passar pelos zagueiros da equipe paulista.

Marcando firme, o São Paulo não deu chances ao ataque do Goiás e ainda tentou algumas jogadas de ataque, porém, sem sucesso. Desta forma, o placar permaneceu o mesmo até o final do jogo.

Ficha Técnica
São Paulo 2 x 0 Goiás
Equipes
Rogério Ceni
André Dias
Alex Silva
Miranda
Ilsinho
Josué
Hernanes
Hugo
Jorge Wagner
Dagoberto
(Souza)
Borges
(Aloísio)
Harlei
Cléber
Leonardo
André Leone
Paulo Baier
(Felipe)
Cléber Gaúcho
Romerito
Petkovic
Diego
(Danilo Portugal)
Fabricio Carvalho
(Wendel)
Fabiano Oliveira
Técnico:
Muricy Ramalho
Técnico:
Wanderley Filho
Gols
1º T 17min - Jorge Wagner
35min - Rogério Ceni
2º T    
Cartões amarelos
Hernanes
Dagoberto
Leonardo
André Leone
Paulo Baier
Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ)
Redação Terra