Série A

Série A

Domingo, 13 de maio de 2007, 17h58 

Palmeiras estréia com vitória sobre o Flamengo

Agência Lance

Osmar marcou o segundo gol do Palmeiras e comemorou ao seu estilo
Busca
Saiba mais na Internet sobre:
Busque outras notícias no Terra:

Em um dos jogos mais disputados da primeira rodada do Campeonato Brasileiro, o Palmeiras levou a melhor sobre o Flamengo e venceu o duelo por 4 a 2, neste domingo, no Maracanã. O time alviverde abriu 2 a 0 no placar e cedeu o empate, mas conseguiu triunfar.

» Palmeiras estréia com goleada no Brasileiro
» Veja fotos da rodada
» Confira a tabela
» Veja a classificação
» Confira os artilheiros
» Comente o resultado

» Veja as últimas do Palmeiras
» Veja as últimas do Flamengo

As duas equipes voltam a jogar no próximo domingo. O Palmeiras receberá o Figueirense, em casa, e o Flamengo irá até o Serra Dourada enfrentar o Goiás. Os dois duelos estão marcados para 16h.

O Palmeiras começou a partida com mais desenvoltura. Com um minuto de jogo, Bruno e Juan trombaram na área e a bola sobrou para Valdívia. O chileno bateu forte e exigiu boa defesa do rubro-negro.

Dois minutos depois, após falta de Claiton sobre Valdívia, Edmundo fez o levantamento na área do Flamengo. A bola fez uma curva e entrou no ângulo esquerdo de Bruno: Palmeiras 1 a 0.

Atrás no placar, o Flamengo conseguiu chegar ao ataque aos 4min, quando Leonardo Moura desceu pela direita e tocou na meia até Renato. O camisa 11 arriscou, mas a bola parou em Dininho.

O Flamengo passou a ficar mais solto em campo, buscando o gol de empate. Já o Palmeiras também mantinha uma boa postura no gramado e levava perigo à meta de Bruno.

Desta forma, o time paulista chegou ao seu segundo gol no jogo aos 19min. Edmundo cobrou escanteio da esquerda, Valdívia desviou na primeira trave e Osmar se antecipou à zaga para desviar de cabeça.

Autor do gol palmeirense, Osmar teve de deixar o campo aos 22min, após disputar um lance na intermediária com Claiton e torcer o joelho, sozinho. A partida foi paralisada no Maracanã e o jogador, que preocupa os médicos do clube alviverde, deu lugar a Marcelo Costa.

Mais fechado com a entrada de Marcelo Costa, o Palmeiras começou a dar espaços para o Flamengo. Contando com o apoio da torcida, o time rubro-negro tentava de todas as formas chegar ao seu primeiro gol.

De tanto insistir, o Flamengo conseguiu balançar as redes de Diego Cavalieri aos 32min. Leonardo Moura arrancou pela direita e cruzou na segunda trave. Juan tocou para trás e a bola ficou limpa para Claiton marcar.

O Palmeiras tentou a resposta imediata aos 33min, com Michael. O camisa 11 soltou a bomba e Bruno espalma para escanteio. Na cobrança, Edmundo quase marca um gol olímpico, mas a bola bateu no travessão.

Mesmo com o susto, o Flamengo manteve o ímpeto ofensivo no jogo. A melhor chance dos rubro-negros antes do intervalo saiu aos 39min, quando Paulo Sérgio desviou um cruzamento de cabeça e Diego Cavalieri salvou o Palmeiras de levar o gol de empate.

As duas equipes voltaram com as mesmas formações para a etapa final do jogo. O Flamengo começou melhor, ficando por mais tempo no campo de defesa do time paulista no início do segundo tempo.

A pressão inicial deu resultado quase que imediato. Aos 3min, Renato Augusto fez uma bela jogada individual pelo lado direito de ataque, arrancou em direção a área, levou a bola para a perna esquerda e bateu com efeito, no ângulo direito de Cavalieri.

Com o empate, a torcida do Flamengo passou a cantar mais ainda nas arquibancadas do Maracanã. Empolgado com o apoio, os jogadores rubro-negros se mantiveram no campo de ataque, atacando o Palmeiras.

Percebendo a postura defensiva da equipe, que naquele momento tinha apenas Edmundo no campo de ataque, o técnico Caio Júnior chamou Florentín para conversar e decidiu colocar o paraguaio no lugar de Michael.

Aos 14min, o Flamengo quase vira o placar. A zaga alviverde falhou e o time carioca chegou à cara do gol de Cavalieri. Juan bateu da entrada da pequena área, e o arqueiro do Palmeiras fez uma grande defesa.

No minuto seguinte, Juan cruzou rasteiro da esquerda, Renato Augusto tentou de letra, mas não acertou a bola. Dininho aliviou pelo Palmeiras e impediu que os cariocas tomassem a dianteira no placar.

Segurando as ações do Flamengo, o Palmeiras voltou a liderar o marcador em um contra-ataque. Aos 19min, Leandro passou por Leonardo Moura e cruzou na área. Florentín mandou a bola por baixo de Bruno e marcou.

É certo que o terceiro gol palmeirense não abalou o Flamengo. O time carioca tentou chegar ao empate novamente, mas não foi feliz nas suas conclusões. A equipe alviverde, por sua vez, insistiu nos contra-ataques e conseguiu ampliar o placar.

Aos 32min, Florentín passou para Edmundo, que partiu para a área em posição legal. De frente para o gol, o atacante escolheu o canto e finalizou com categoria, à direita de Bruno, definindo a vitória do Palmeiras.

Ficha Técnica
Flamengo 2 x 4 Palmeiras
Equipes
Bruno
Leonardo Moura
Irineu
Ronaldo Angelim
Juan
Paulinho
Claiton
Renato
Renato Augusto
Roni
(Bruno Mezenga)
Paulo Sérgio
Diego Cavalieri
Wendel
David
Dininho
Leandro
Pierre
Martinez
Michael
(Florentín)
Valdívia
(Caio)
Edmundo
Osmar
(Marcelo Costa)
Técnico:
Ney Franco
Técnico:
Caio Júnior
Gols
1º T 32min - Claiton 3min - Edmundo
19min - Osmar
2º T 3min - Renato Augusto 19min - Florentín
32min - Edmundo
Cartões amarelos
Paulinho
Roni
Pierre
Martinez
Local: Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Leonardo Gaciba (RS)
Redação Terra