Série A

Série A

Domingo, 3 de junho de 2007, 22h46 

Para Caio Júnior, derrota do Palmeiras foi injusta

Busca
Saiba mais na Internet sobre:
Busque outras notícias no Terra:

Para o técnico do Palmeiras, Caio Júnior, sua equipe não mereceu a derrota por 3 a 1 diante do Cruzeiro, neste domingo, no Parque Antarctica. No segundo tempo, quando o placar estava 2 a 1, Florentín, Edmundo e Michael acertaram a trave do goleiro Lauro.

» Cruzeiro bate Palmeiras
» Veja fotos da rodada
» Confira a tabela
» Veja a classificação
» Confira os artilheiros
» Comente o resultado

» Veja as últimas do Palmeiras

"O resultado mais justo seria uma vitória do Palmeiras ou um empate", avaliou o treinador. Chamado de burro por alguns torcedores após a partida, Caio Júnior fez questão de explicar o motivo da saída de Martinez, no intervalo.

"Foi uma opção minha por causa do cartão amarelo que ele recebeu. Eu ia tirar um volante e optei por ele por isso", disse. "Tenho números que provam que a substituição foi bem feita. Quando não sai o gol, é duro para o treinador", completou.

Aliás, por ter recebido o terceiro cartão amarelo, o volante está suspenso para o jogo de sábado, contra o Botafogo, no Parque Antarctica.

A arbitragem também foi um assunto comentado por Caio Júnior. Tanto que, ao final do primeiro tempo, o técnico do Palmeiras foi conversar com o árbitro Wagner Tardelli Azevedo.

"Eu respeito todos os árbitros, mas eu tenho que dizer que ele errou. O Michael deu um chapéu no jogador do Cruzeiro e recebeu a falta. Ele não deu e no lance seguinte saiu o segundo gol do Cruzeiro. São erros assim que acabam definindo a partida", disse o treinador, que também fez questão de comentar sobre um vacilo de sua defesa:

"No lance do primeiro gol deles, ficou três contra três. Foi mérito do Cruzeiro, mas falha nossa também. Falei sobre isso na palestra", declarou.

De todas as lamentações, o que mais deixou Caio Júnior chateado foi a perda de pontos em casa.

"Essa derrota elimina a nossa vitória contra o Flamengo na primeira rodada. Estávamos acima do que tínhamos planejado para os primeiros jogos, mas agora estacionamos", comentou o treinador do Palmeiras.

Lancepress!