Série A

Série A

Quarta, 31 de outubro de 2007, 23h46  Atualizada às 02h38

São Paulo bate rebaixado América-RN e confirma penta

Marcos Guedes
Direto de São Paulo
Marcelo Pereira/Terra

Capitão do São Paulo, Rogério Ceni vibra com o título brasileiro
Busca
Saiba mais na Internet sobre:
Busque outras notícias no Terra:

Líder isolado do Campeonato Brasileiro de 2007 desde a 17ª rodada, ainda no primeiro turno, o São Paulo, enfim, pôde soltar o grito de campeão. Com gols de Hernanes, Miranda e Dagoberto, os comandados de Muricy Ramalho derrotaram o rebaixado América-RN por 3 a 0, nesta quarta-feira, em um Morumbi tomado pela torcida são-paulina, chegando a sua quinta conquista nacional - as outras foram em 1977, 1986, 1991 e 2006.

» Veja fotos da festa
» Veja fotos da partida
» Assista ao vídeo
» Saiba quem são os campeões
» Baixe pôster
» Mande mensagem aos campeões brasileiros

Com 73 pontos ganhos em 34 partidas, o São Paulo chegou ao título brasileiro com 22 vitórias e sete empates, sofrendo cinco derrotas. O time marcou 49 gols e levou 13, a segunda melhor marca da história do Brasileiro.

O São Paulo também quebrou uma escrita: o time ainda não tinha comemorado um título nacional com uma vitória. Nas outras conquistas, a equipe paulista sagrou se campeã com empates (1991 e 2006) e triunfos nos pênaltis (1977 e 1986).

Depois de um início de competição irregular, com derrotas para Náutico, Atlético-MG e Fluminense, o São Paulo iniciou sua recuperação com uma vitória sobre o Cruzeiro por 2 a 1, no Mineirão, pela 13ª rodada da competição nacional.

Vendo o Botafogo praticar o futebol mais envolvente do Brasileiro até então, o São Paulo seguiu de perto o time carioca até o confronto entre os dois times, vencido pelos paulistas por 2 a 0, no Maracanã.

A partir dali, o São Paulo não deixou mais a ponta. Apesar de ter passado por um período instável na competição, com derrotas para Flamengo e Corinthians, a equipe também contou com tropeços de seus rivais.

O jogo

O primeiro tempo foi similar a um treino de ataque contra defesa. O São Paulo se posicionou no campo de ataque, às vezes com dez jogadores no setor, enquanto o América-RN tentou arriscar em poucos contra-ataques.

Insistindo pelas laterais, o São Paulo abriu o placar em uma jogada pelo meio. Aos 38min, Hernanes acertou um forte chute da entrada da área e mandou a bola no canto direito de Sérvulo, que nada pôde fazer: 1 a 0.

O time tricolor quase ampliou o marcador aos 42min, depois que Aloísio foi derrubado próximo à área do América-RN. Na cobrança da falta, Rogério Ceni mandou a bola no travessão do goleiro adversário.

No início do segundo tempo, o São Paulo manteve a pressão para cima do América-RN e ampliou o placar aos 4min do segundo tempo, quando Jorge Wagner cobrou escanteio e Mirando marcou de cabeça: 2 a 0.

Para fechar o placar e assegurar o pentacampeonato nacional, Souza dominou pela direita e cruzou na medida para Dagoberto, aos 31min. O atacante cabeceou firme para o gol e superou o goleiro Sérvulo.

Com sua situação definida no Brasileiro, o São Paulo volta a campo na próxima quarta, às 21h45, para enfrentar o Juventude, em Caxias do Sul. Já o América joga neste domingo, às 18h10, diante do Botafogo, em casa.

Ficha Técnica
São Paulo 3 x 0 América-RN
Equipes
Rogério Ceni
André Dias
Breno
(Danilo Silva)
Miranda
Júnior
(Souza)
Hernanes
Richarlyson
Jorge Wagner
Leandro
Dagoberto
Aloísio
(Borges)

Sérvulo
Carlos Eduardo
Róbson
Rogélio
Tony
Marquinhos Mossoró
Joellan
(Vasconcelos)
Leandro Sena
(Washington)
(Léo Papel)
Berg
Geovane
Ney Santos
Técnico:
Muricy Ramalho
Técnico:
Paulo Moroni
Gols
1ºT 38min - Hernanes
 
2ºT 4min - Miranda
31min - Dagoberto
 
Cartões amarelos
  Róbson
Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
Árbitro: Lourival Dias Lima Filho (BA)
Público: 69.989 pessoas
Redação Terra