Série C

Série C

Domingo, 25 de novembro de 2007, 20h29 

Arquibancada desaba e deixa sete mortos na Bahia

Heliana Lima
Fabiane Madeira
Direto de Salvador
Wélton Araújo/Futura Press

Piso da arquibancada cedeu e provocou a morte dos torcedores
Busca
Saiba mais na Internet sobre:
Busque outras notícias no Terra:

Após o empate sem gols entre Bahia e Vila Nova-GO, neste domingo, em Salvador, pela Série C do Campeonato Brasileiro, parte da arquibancada superior do Estádio Fonte Nova desabou e provocou pelo menos sete mortes. A Polícia Militar, através do delegado Carlos Henrique Santos, da 6ª delegacia da capital, chegou a divulgar o número de oito óbitos, mas apenas sete foram apontados pelo Departamento de Polícia Técnica.

» Veja as fotos
» Assista ao vídeo em que torcedores se desesperam na Fonte Nova
» Governo da Bahia lamenta
tragédia na Fonte Nova

» Fonte Nova é o pior estádio
em ranking, aponta estudo

Dezenas de pessoas ficaram feridas no acidente e foram encaminhadas para o Hospital Geral do Estado (HGE). De acordo com a PM, com o desabamento de parte do anel superior, os fãs caíram de uma altura de cerca de 30 metros.

Wladykson Ribeiro de Albuquerque, 29 anos, estava no local no momento do acidente e tentou segurar uma das vítimas, mas não conseguiu. "Eu sempre fico no mesmo local, nunca tive medo e não vou ter agora", declarou.

Ele também disse que não percebeu o momento em que o piso da arquibancada cedeu, já que o estádio treme bastante. Cerca de dez pessoas caíram para fora da Fonte Nova, enquanto outras dez foram parar no interior do local.

Já durante a noite, o secretário da Saúde da Bahia, Jorge Solla, convocou médicos de outras unidades para trabalharem nos três principais hospitais de emergência de Salvador: Hospital Geral do Estado, Hospital Geral Roberto Santos e Ernesto Simões, para onde foram levados os torcedores feridos. Houve muito tumulto nos hospitais porque os médicos demoraram para divulgar a relação dos mortos e feridos. Muitos feridos estavam dentro do estádio.

Quando acabou a partida, que garantiu o retorno do Bahia à Série B, pelo menos 5 mil torcedores invadiram o gramado para cumprimentar jogadores, dirigentes e integrantes da comissão técnica. Na correria, os torcedores subiram nas traves e peças publicitárias e até mesmo em macas. Houve muita correria e alguns brigaram com policiais.

O setor onde ocorreu o acidente, que costuma ser freqüentado pela torcida organizada Bamor, já foi interditado anteriormente, mas passou por uma reforma e voltou a ser utilizado. Depois do jogo, os fãs invadiram o gramado para comemorar a classificação do Bahia à Série B de 2008.

O acesso foi conquistado após o time tricolor chegar aos 24 pontos ganhos na tabela. Com a pontuação, a equipe não pode ser mais alcançada por Vila Nova-GO, ABC-RN e CRAC-GO, que ainda brigam pela classificação.

Redação Terra