Série A

Série A

Segunda, 3 de dezembro de 2007, 10h52 

Ex-corintianos lamentam queda da equipe à Série B

Busca
Saiba mais na Internet sobre:
Busque outras notícias no Terra:

O goleiro Rubinho e o volante Zé Elias, ex-jogadores do Corinthians, irmãos revelados no próprio clube, lamentaram a queda da equipe à Série B do Campeonato Brasileiro, após o empate deste domingo por 1 a 1 contra o Grêmio, no Estádio Olímpico.

» Veja as últimas do Corinthians

O volante, que está de férias em São Paulo e atuou pela por quatro temporadas no time, lamentou o atual momento e a crise instalada no Corinthians, que culminou com o rebaixamento.

"É muito triste ver um clube com a história do Corinthians cair desse jeito. Sua torcida é enorme e maravilhosa e não merecia passar por tudo isso", disse Zé Elias, que estreou no time aos 16 anos de idade.

Para um dos ídolos da história recente do clube do Parque São Jorge, a fraca administração da diretoria passada é uma das responsáveis pela queda da equipe à segunda divisão do futebol nacional.

"A gestão de Alberto Dualib foi péssima. Fez parcerias que deram algum resultado em um primeiro momento, mas depois deixaram o clube à beira da falência e, naturalmente, as conseqüências foram sentidas também no time", disse.

Já o irmão mais novo, goleiro do Genoa, da Itália, disse que só ficou sabendo da queda na noite deste domingo, após defender o Genoa, que empatou fora de casa por 1 a 1 com o Torino, pelo Campeonato Italiano.

"O jogo aqui terminou depois da rodada do Brasileiro. Quando soube o que aconteceu, fiquei muito triste", disse o titular da meta genovesa.

O arqueiro, que defendeu o clube profissionalmente entre os anos de 2001 e 2004, lamentou pela torcida e pelos amigos que ainda possui no clube.

"Trabalhei com o Betão, o Vampeta e outros jogadores e funcionários do clube. Posso imaginar o que eles estão sentindo, mas tenho certeza que o Corinthians vai dar a volta por cima em 2008", disse Rubinho.

Redação Terra