Série A

Série A

Segunda, 3 de dezembro de 2007, 16h51 

Dorival se diz surpreso com saída do Cruzeiro

Busca
Saiba mais na Internet sobre:
Busque outras notícias no Terra:

O técnico Dorival Júnior afirmou nesta segunda-feira que ficou surpreso com a decisão da diretoria do Cruzeiro de não renovar o seu contrato para a próxima temporada, em anúncio feito um dia depois de ter conquistado levar a equipe mineira novamente à Libertadores da América, quatro anos depois de sua última participação.

» Veja as últimas do Cruzeiro

O treinador, que tem vínculo com a equipe celeste até o dia 31 de janeiro, disse que teve reunião nesta segunda com o diretor de futebol do clube, Eduardo Maluf, onde foi avisado que não permaneceria no comando em 2008.

"A colocação que me foi feita pela diretoria é que precisariam mudar algumas coisas. Até me surpreendeu, porque todas as sinalizações que me foram feitas nesse período foram no sentido de uma renovação", disse Dorival, em entrevista ao canal Sportv.

Para Dorival, a queda de rendimento do Cruzeiro no segundo semestre foi o que motivou a decisão dos dirigentes. "A caída de rendimento da equipe foi muito brusca. Isso pode ter comprometido um pouco a possibilidade de renovação", disse.

A equipe azul de Minas Gerais ocupou a vice-liderança durante boa parte do campeonato, rivalizando com o que campeão São Paulo pelo título, mas teve um baixo crescimento nas rodadas finais e só conseguiu a vaga para a Libertadores na última rodada, contra o já rebaixado América-RN.

"Se você faz uma campanha que vem de baixo e, em determinado momento, dá um arrancada, talvez tenha o trabalho mais valorizado, mesmo que o número de pontos seja o mesmo", disse.

Com a derrota do Palmeiras para o rival Atlético-MG, o Cruzeiro terminou na quinta colocação e só conseguiu a vaga na Libertadores pelo fato do Fluminense, quarto colocado, já ter se garantido na competição ao vencer a Copa do Brasil no primeiro semestre.

Mesmo assim, o treinador faz um balanço positivo da campanha do time no Campeonato Brasileiro, e agradeceu ao clube pela oportunidade na curta carreira de treinador.

"Vi uma campanha com muito mais coisas boas do que ruins, mas tenho que respeitar a posição e agradecer a oportunidade que me foi dada de dirigir uma equipe grande como o Cruzeiro em tão pouco tempo de profissão", disse.

Redação Terra