Série A

Série A

Segunda, 3 de dezembro de 2007, 19h59  Atualizada às 20h18

Presidente do Inter responde aos corintianos

Busca
Saiba mais na Internet sobre:
Busque outras notícias no Terra:

A direção do Internacional se pronunciou nesta segunda-feira a respeito das denúncias de Andrés Sanchez. O presidente do Corinthians, Andrés Sanchez, acusou alguns jogadores colorados de se esforçarem pouco no jogo contra o Goiás e rebaixar o clube paulista.

» Inter decepciona Corinthians
» Veja as últimas do Inter

"Ele (Sanchez) não afirmou nada e só fez suposições baseadas em outras suposições. O Internacional entrou para vencer o jogo, mas tivemos muitas dificuldades. Uma declaração dessas eu levo na ponta da emoção, porque é muita pressão para ele. Não são acusações desse tipo que vão recolocar o Corinthians na primeira divisão", declarou o presidente do Inter, Vitório Píffero, ao Sportv.

"Não posso falar muito porque é um assunto do clube, mas lamento que o Sanchez tenha falado isso. Com a cabeça quente, ele quis tentar passar a responsabilidade do rebaixamento para nós. Tomara que isso se esclareça, para que os times continuem vivendo de forma saudável", acrescentou o ex-presidente colorado Fernando Carvalho.

Em entrevista coletiva concedida nesta segunda-feira, Andrés Sanchez fez coro ao goleiro Felipe e o ex-vice de futebol Antoine Gebran, que deixaram no ar um possível "corpo-mole" dos jogadores do Inter, neste domingo.

"Eu não desconfio não, é só assistir aos jogo e ver quem quis jogar. Havia dois ou três jogadores do Inter nessa situação", afirmou o presidente corintiano.

Lancepress!