Série A

Série A

Segunda, 3 de dezembro de 2007, 20h58  Atualizada às 21h12

Finazzi lamenta ausência nos jogos decisivos

Busca
Saiba mais na Internet sobre:
Busque outras notícias no Terra:

Artilheiro do Corinthians no Campeonato Brasileiro, com 12 gols, o atacante Finazzi se mostrou chateado com a ausência nas partidas decisivas contra Vasco e Grêmio. Suspenso por dois jogos após ofender o árbitro da partida contra o Goiás, o camisa 9 lamentou o rebaixamento da equipe para a Série B da competição.

» Assista ao vídeo em que
Andrés prevê choro de rivais

» Nery decepciona presidente
» Corintianos criticam Vampeta
» Contratações são confirmadas

"Fico triste de não ter conseguido ajudar mais, porque eu acho que ajudei em alguns momentos, fui importante para o time sim. Entretanto, lamento que isso não tenha tirado o Corinthians do rebaixamento. Agradeço os torcedores que vieram passar apoio, incentivo, pensando no futuro", afirmou em entrevista à Rádio Globo.

Ao lado do goleiro Felipe, o atacante talvez tenha sido um dos poucos destaques do elenco no Brasileiro. Com contrato encerrando no final de dezembro, Finazzi ainda não sabe se fica no Parque São Jorge.

"Ainda não tive contato com a diretoria para tratar da renovação, mas fico no aguardo para ver o que eles vão decidir, se existe o interesse de que eu fique para o ano que vem. Eu gostaria de ficar aqui, mas preciso ver por parte do clube o que eles pensam para a próxima temporada, mas por mim eu fico", declarou.

Finazzi aproveitou ainda para comentar sobre a polêmica com os jogadores do Inter, que teriam entregado o jogo para o Goiás, no domingo. "Estou de acordo com o Andrés Sanchez. O Corinthians não deve mais dar trela para nenhum clube, porque ninguém quis ajudar, pelo contrário, só prejudicaram", finalizou.

Lancepress!