0

Capitão da seleção checa na Copa de 62 morre aos 79 anos

21 mar 2011
12h40
atualizado às 13h32

O capitão da seleção da Checoslováquia vice-campeã da Copa do Mundo de 1962, Ladislav Novak, morreu nesta segunda-feira, aos 79 anos.

Novak vivia há cinco anos em um asilo na cidade de Ostredek, a 50 km ao sul de Praga, na República Checa, informou a federação de futebol local.

O ex-lateral liderou a seleção checa na campanha que culminou na derrota por 3 a 1 para o Brasil na decisão do título, em Santiago (Chile).

Novak foi considerado um dos melhores defensores do mundo das décadas de 50 e 60, e nunca foi expulso de campo. Sua trajetória profissional esteve vinculada ao Dukla de Praga, na era de outro ícone do futebol checo, Josef Masopust.

O ex-jogador foi oito vezes campeão nacional e representou a Checoslováquia em 75 partidas, 71 delas como capitão. Novak participou de três Copas do Mundo e conquistou ainda a medalha de bronze na Eurocopa de 1960.

Checoslováquia só parou no Brasil na final da Copa de 1962
Checoslováquia só parou no Brasil na final da Copa de 1962
Foto: AFP
EFE   

compartilhe

publicidade
publicidade