0

Time italiano cai para 3ª divisão por manipular resultados

20 ago 2015
09h47
atualizado às 13h54
  • separator
  • comentários

O Catania foi condenado nesta quinta-feira ao rebaixamento para a terceira divisão do Campeonato Italiano, como punição imposta pelo tribunal da federação do país, por envolvimento em caso de manipulação de resultados durante a temporada passada.

O clube da Sicília também foi multado em 150 mil euros (R$ 577,9 mil), e o presidente Antonio Pulvirenti, em 300 mil (R$ 1,15 milhão, além de cinco anos de suspensão
O clube da Sicília também foi multado em 150 mil euros (R$ 577,9 mil), e o presidente Antonio Pulvirenti, em 300 mil (R$ 1,15 milhão, além de cinco anos de suspensão
Foto: Valerio Pennicino / Getty Images

O clube, que havia se livrado do descenso na segunda divisão, dentro dos gramados, perdeu mais 12 pontos, e com isso passou a ser último colocado da competição.

Além da queda, o clube da Sicília foi multado em 150 mil euros (R$ 577,9 mil), e o presidente Antonio Pulvirenti, em 300 mil (R$ 1,15 milhão, além de cinco anos de suspensão. O dirigente, há alguns meses atrás foi preso por participação em esquema de fraude.

O mandatário do Catania, em depoimento, afirmou que "comprou" o resultado de cinco jogos, por 100 mil euros (R$ 385 mil) cada, com intenção de salvar o clube do rebaixamento, mas negou que o interesse era obter vantagens em casas de apostas.

O tribunal da federação, além disso, decidiu punir com a queda para a quarta divisão o Teramo e o Savona, também por envolvimento em escândalo de corrupção envolvendo manipulação de placares.

 

EFE   

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade