4 eventos ao vivo

CBF oficializa unificação de títulos nacionais antes de 1971

22 dez 2010
11h48
atualizado às 14h19

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) oficializou, nesta quarta-feira, a unificação dos títulos nacionais de 1959 a 1970. A partir de 1971 surgiu o Campeonato Brasileiro. A cerimônia foi realizada no Itanhangá Golf Club, na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro. Com isso, Santos e Palmeiras passam a ser os dois maiores vencedores do campeonato nacional, com oito títulos cada.

Liderada pelo historiador Odir Cunha, responsável pelo dossiê que reuniu os documentos apresentados à CBF, a cerimônia contou com a presença dos presidentes dos grandes clubes brasileiros interessados na unificação, além de ex-jogadores, como Pelé. O presidente da CBF, Ricardo Teixeira, e o presidente de honra da Fifa, João Havelange, também participaram da cerimônia. "É uma justiça que se faz. Esses times não estão ganhando um presente de Natal. Eles conquistaram os títulos na bola, em campo", justificou Odir Cunha.

Após Odir Cunha e João Havelange, Teixeira tomou a palavra e fez questão de parabenizar todos os atletas e clubes que foram beneficiados pela decisão da CBF.

"A CBF está passando a limpo um passado glorioso do futebol, um passado glorioso de um número enorme de grandes jogadroes que brilharam no futebol brasileiro. O reconhecimento teria que vir inegavelmente na nossa parte, por isso que tenho orgulho de paranenizar Bahia, Fluminense, Palmeiras, Santos, Botafogo e Cruzeiro como legítimos campeões brasileiros que foram", afirmou o presidente da maior entidade do futebol brasileiro.

A entidade máxima do futebol nacional preparou pequenas réplicas das taças de campeão brasileiro, além de faixas e medalhas a serem entregues aos presidentes dos times beneficiados.

Com a unificação, o Santos passa a ter oito títulos, assim como o Palmeiras. Já o Fluminense fica com 3 e o Bahia, o Cruzeiro e o Botafogo com dois títulos cada.

Ricardo Teixeira anuncia unificação de títulos nacionais
Ricardo Teixeira anuncia unificação de títulos nacionais
Foto: Reinaldo Marques / Terra
Fonte: Redação Terra

compartilhe

publicidade
publicidade