4 eventos ao vivo

Cech elogia possível chegada de Rooney ao Chelsea, mas é cauteloso

18 jul 2013
16h04

Atleta do Chelsea desde julho de 2004, o goleiro Petr Cech acompanhou de perto a ascensão de Wayne Rooney depois de trocar o Everton pelo Manchester United, naquela mesma janela de transferências. Rivais desde então, os atletas podem atuar juntos na próxima temporada, já que o clube londrino manifestou interesse no atacante. Entretanto, o camisa 1 adotou postura cautelosa ao comentar a possível contratação do rival.

"Rooney é um grande jogador, mas, neste momento, é do Manchester United. Vamos ver o que vai acontecer", destacou o goleiro, que está em fase de preparação para próxima temporada. "Sempre queremos ter o elenco mais forte para lutar por títulos", completou.

Em busca de atender pedido do treinador José Mourinho, os dirigentes do Chelsea formalizaram proposta por Wayne Rooney. Entretanto, o Manchester United recusou concretizar a negociação. Apesar de o clube londrino desmentir oficialmente, a imprensa britânica especula que a oferta seria de 10 milhões de libras (aproximadamente R$33,8 milhões) e ainda incluiria os direitos do zagueiro David Luiz ou do meio-campista Juan Mata.

Vinculado ao time inglês até 2015, Rooney está insatisfeito com o tratamento que recebeu durante a última temporada temporada e planeja ser negociado nesta janela de transferências do futebol europeu. Real Madrid, Barcelona, Arsenal, Chelsea, Paris Saint-Germain e Monaco foram apontados como principais interessados na contratação.

"Nós já temos jogadores e uma boa equipe. Se nosso treinador (José Mourinho) achar que não temos o suficiente, ele tentará obter novos atletas. As coisas mudam diariamente no futebol. Conforme o tempo passa, cada clube pode fazer alguma mudança e coisas podem acontecer", encerrou Cech.

Atrapalhado por alguns problemas físicos ao longo desta temporada, Wayne Rooney marcou 12 gols em 27 partidas no Campeonato Inglês. Na Liga dos Campeões da Europa, competição na qual o Manchester United foi eliminado pelo Real Madrid nas oitavas de final, Rooney balançou a rede uma vez em seis jogos.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
publicidade