1 evento ao vivo

Chelsea perto de entrar em grupo seleto de supercampeões

15 mai 2013
10h34
atualizado às 10h34

A final da Liga Europa, que opõe Benfica e Chelsea, nesta quarta-feira, a partir das 15h45 (de Brasília), tem significados distintos para as duas equipes. Os portugueses buscam interromper uma sequência de seis vice-campeonatos em decisões europeias. Já os Blues lutam para entrar e um clube exclusivo: o de equipes que já ganharam todos os títulos europeus que já foram disputados.

Apenas Juventus, Barcelona e Ajax têm a honra de terem conseguido todas as taças de torneios europeus. Além da Liga Europa (disputada atualmente por campeões de cops e melhores colocados nas ligas que não vão para a Champions), os torneios disputados por clubes do Velho Continente incluem a Liga dos Campeões (principal torneio), a Supercopa Europeia (que opõe em jogo único o campeão da Champions e o da Liga Europa) e a antiga Recopa (que era disputada pelos campeões das copas nacionais e foi extinta em 1999 para ser absorvida pela Copa da Uefa, que virou Liga Europa).

O Chelsea precisa apenas conquistar a Liga Europa para se juntar a esses clubes. Em 1971 e 1998, os Blues foram campeões da Recopa Europeia. Foi em 1998 que o time, então comandado por Gianluca Vialli, também chegou ao título da Supercopa, vencendo o Real Madrid. No ano passado, veio a principal glória, com o sonhado título da Liga dos Campeões.

Além de se tornar mais um "bicampeão" europeu vencendo as duas principais competições do Velho Continente em temporadas na sequência, o Chelsea pode fazer história de outra forma, se tornando o primeiro clube a ser o atual detentor dos dois principais títulos do futebol da Europa.

Benfica envolto por "maldição"

Desde que se sagrou bicampeão da Liga dos Campeões em 1961 e 1962, o o Benfica disputou seis finais europeis e simplesmente perdeu todas.

Em Portugal, a "informação" é que essa má sorte nas decisões vem de declarações dadas por Bela Guttman, técnico húngaro que levou o Encarnado a seus dois triunfos e também teve passagens pelo rival Porto, por Milan e São Paulo.

Ao sair do Benfica, ele teria dito que o time nunca mais ganharia nada a nível europeu sem ele no comando. De fato, as finais seguintes atestam a forte "maldição" de Guttman. Contra o Chelsea, nesta quarta-feira, o Benfica tem a oportunidade de quebrar a escrita.

Clube dos Supercampeões

Ajax

Os holandeses são tetracampeões da Liga dos Campeões (1971, 1972, 1973 e 1995) e venceram a Copa da Uefa (1992), Recopa (1987) e Supercopa (1987).

Juventus

A Juventus é bicampeã da Liga dos Campeões (1985 e 1996), ganhou a Copa da Uefa três vezes (1977, 1990 e 1993), conquistou a Supercopa Europeia (1984 e 1996), além de ter levado a Recopa em 1984.

Barcelona

O Barça é tetracampeão da Liga dos Campeões (1992, 2006, 2009 e 2011). Os espanhóis também são tetracampeões da Recopa (1979, 1982, 1989 e 1997). Além disso o time conquistou a Copa das Feiras, torneio precursor da Copa da Uefa, em 1958, 1960 e 1966. Por fim, o Barcelona também é tetra da Supercopa (1992, 1997, 2009 e 2011).

Fonte: Lancepress! Lancepress!
publicidade