0

Com gol no fim, recém-contratado do Real garante virada sobre Betis

18 ago 2013
18h17
atualizado às 21h31

A temporada sem José Mourinho como técnico começou com sufoco para o Real Madrid. Na estreia do time no Campeonato Espanhol, na capital do país, a equipe que hoje tem o italiano Carlo Ancelotti em seu comando precisou de um gol do recém-contratado Isco aos 41 minutos do segundo tempo para fazer 2 a 1 sobre o Betis.

O resultado minimizou os prejuízos de uma atuação abaixo das expectativas dos merengues, que tiveram seus maiores nomes em campo, incluindo o brasileiro Marcelo na lateral esquerda, o francês Benzema como centroavante e seu mais caro astro, o atacante português Cristiano Ronaldo. Mas o que se viu nos primeiros minutos no Santiago Bernabéu foi uma pressão do clube de Sevilha.

Em oito minutos de confronto, o goleiro Diego López já tinha feito duas defesas para salvar os anfitriões. Aos 13, foi impossível evitar um belo gol do Betis, que contou com Cedrick passando por Sergio Ramos como quis antes de rolar para Jorge Molina abrir o placar e frustrar os madrilenhos que foram ao estádio.Mesmo depois de ter feito 1 a 0, o Betis continuou em cima dos favoritos. O Real Madrid só foi acordo após os 20 minutos, quando levou perigo duas vezes com Benzema e outra com Cristiano Ronaldo até o francês, aos 25, aproveitar passe de Isco e igualar o marcador colocando a bola nas redes adversárias.

Os visitantes de Sevilha, contudo, não diminuíram o ritmo e tiveram mais três oportunidades de ir para o intervalo retomando a vantagem no placar. O Real Madrid, porém, voltou melhor no segundo tempo, quando teve o brasileiro Casemiro no lugar do machucado Khedira e ainda foi beneficiado por uma lesão de Cedrick, principal jogador do Betis neste domingo.

Os comandados de Carlo Ancelotti, enfim, pressionaram como a sua torcida esperava e foram premiados aos 41 minutos do segundo tempo. O lateral esquerdo Marcelo, melhor jogador do Real Madrid na retomada do controle do jogo no segundo tempo, cruzou para Isco garantir os primeiros três pontos do clube na liga nacional.

No mesmo horário pela primeira rodada do Campeonato Espanhol, o Granada surpreendeu o Osasuna em sua casa e fez dois gols no primeiro tempo, com El-Arabi e Yebda, para vencer por 2 a 1 - Puñal descontou para o Osasuna. O líder da liga nesta rodada segue sendo o atual campeão Barcelona, que estreou na Catalunha vencendo o Levante por 7 a 0.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
publicidade