0

Com Loco Abreu e Recoba, Nacional estreia na Libertadores

11 fev 2013
19h37
atualizado às 19h42

Um dos mais tradicionais times da América do Sul, o Nacional do Uruguai, vai fazer sua estreia na Copa Bridgestone Libertadores diante do Bracelona de Guaiaquil (EQU), na próxima qurta-feira, às 20:15, no Estádio Parque Central, em Montevidéu. Na expectativa pela estreia do atacante Ivan Alonso no torneio continental e ansiosos com presença de Loco Abreu, que foi relacionado para o jogo, os torcedores uruguaios esgotaram em poucos horas, os ingressos disponibilizados para a partida, válida pelo grupo A da competição.

O atacante Ivan Alonso diz que vem recebendo muito apoio da diretoria e dos torcedores, afirmando que está pronto para marcar gols. "Espero devolver a confiança com boas atuações", disse o jogador, que fará sua primeira participação em Libertadores. Outra atração para o duelo é o experiente Álvaro Recoba, que poderá aparecer no segundo tempo. Segundo o treinador Gustavo Díaz, Recoba só tem condições de jogar de 30 a 40 minutos, mas deu a entender que pretende aproveitá-lo. "Nos dá cadencia no jogo. Se está bem, faz a diferença".

Pelo lado do Bracelona, sobra otimismo. Apesar de enfrentar uma equipe formada por alguns medalhões, o treinador Gustavo Costas disse que o time está preparado. "Vamos jogar contra uma equipe que tem muita experiência, mas eu confio no meu time" afirmou. Já o zagueiro Frickson Erazo foi além. Ele revelou que não se importa com a presença de medalhões no Nacional e confia em em triunfo da equipe equatoriana. "Não me interessa quem esteja no Nacioanal. Só me interessa quem está no Barcelona. Durante a partida, veremos o que acontece" declarou o defensor do Barcelona, que não começou bem o campeonato equatoriano. Nas três primeiras rodadas, foram dois empates e uma derrota para a Liga de Loja, na última partida.

Fonte: Lancepress! Lancepress!
publicidade