0

Com Messi entrando no segundo tempo, Argentina e Colômbia empatam

7 jun 2013
21h11
atualizado às 21h26

Com Messi entrando no segundo tempo e Falcao García atuando por 90 minutos, Argentina e Colômbia não conseguiram sair do 0 a 0 no estádio Monumental de Núñez, em Buenos Aires, nesta sexta-feira.

A partida foi marcada por duas expulsões e três gols anulados. Higuaín e Zapata deixaram o gramado ainda no primeiro tempo por agressões mútuas em lance na área da Colômbia.

O começo do jogo, que teve Montillo titular no lugar de Messi, foi movimentado e com muitas chances de gol. Enquanto a Argentina só não marcou por duas grandes defesas de Ospina em sequência em finalizações de Higuaín e Marcos Rojo, a Colômbia teve um gol anulado de Jackson Martínez.

Na etapa final, foi a vez da Argentina ter dois tentos anulados de Aguero. Messi teve a entrada comemorada como um gol e atuou por cerca de 40 minutos e participou de bons lances ofensivos, mas não fez o suficiente para desequilibrar a partida.

Com o resultado, a Argentina chega aos 25 pontos na primeira posição das Eliminatórias Sul-americanas para a Copa do Mundo de 2014. A Colômbia, por outro lado, iguala os 20 pontos do Equador e chega à segunda posição pelo saldo de gols.O jogo - Em início agitado de partida, Montillo teve a chance de marcar seu primeiro gol pela seleção argentina logo aos quatro minutos. Di María deu belo passe de calcanhar para Zabaleta, que cruzou para o avanço do santista. Livre, o meia passou da bola.

Três minutos depois, Di María voltou a aparecer e deixou Higuaín na cara do gol com passe em profundidade. Ospina, porém, saiu bem de sua posição para afastar o perigo.

A melhor chance da Argentina no primeiro tento, no entanto, veio aos 16 minutos. Carlos Sánchez furou após cobrança de falta de Di María. Higuaín aproveitou e, na pequena área, bateu para grande defesa de Ospina. O goleiro voltou a se destacar para desviar a cabeça de Marcos Rojo no rebote, fazendo a bola pegar no travessão e sair.

A Colômbia respondeu dois minutos depois, quando Jackson Martínez balançou as redes aproveitando passe em profundidade de James Rodríguez, mas o gol foi anulado por impedimento. Falcao ainda assustou com um chute cruzado pela direita aos 20 minutos, mas a finalização foi defendida por Sergio Romero.

Aos 25 minutos, uma troca de agressões entre Higuaín e Zapata garantiu um cartão vermelho direto para cada. Motores de cada equipe no começo do jogo, Di María e James Rodríguez passaram a influenciar menos a partida com o passar do tempo e as chances deixaram de ser tão abundantes quanto no início do jogo.

O camisa 7 argentino ainda protagonizou bons lances no primeiro tempo, mas o meia colombiano acabou se lesionando e saindo aos 34 minutos do primeiro tempo para a entrada do volante Cuadrado.

Já na etapa final, aos oito minutos, Aguero aproveitou passe em profundidade de Montillo para balançar as redes, mas o gol foi anulado por impedimento. Para delírio da torcida, Messi entrou no lugar do santista quatro minutos depois.

Em seu primeiro lance no jogo, o melhor do mundo tabelou com Aguero e abriu para Zabaleta. Pela direita, o lateral cruzou para a área e Perez desviou contra a própria meta, mas Ospina fez a defesa aos 14 minutos.

A Colômbia, porém, adotava postura mais recuada do que no primeiro tempo e dificultava as ações ofensivas da Argentina, que só se aproximou do gol aos 26 minutos, quando Aguero marcou seu segundo gol anulado após cruzamento de Di María pela esquerda. A arbitragem viu posição de impedimento de Messi, que realizou um corta-luz no lance.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

publicidade