11 eventos ao vivo

Com show de Daniel Costa, Treze goleia Campinense pelo Paraibano

24 mar 2013
20h40
atualizado às 21h01
  • separator
  • 0
  • comentários

Em tarde inspirada do meio-campista Daniel Costa, o Treze goleou o Campinense pelo placar de 4 a 0 no Estádio Amigão. O camisa oito do Galo marcou dois gols e deu passe para que Ênio marcasse mais um. Quem também deixou o seu foi o camisa nove Tiago Chulapa, que fechou a goleada diante do maior rival. A partida marcou a estreia do treinador Vica a frente da comissão técnica alvinegra.

Com o resultado, o Treze pulou da vice-lanterna para a quarta colocação no estadual, com três pontos. Já o Campinense, que tem um jogo atrasado, caiu para a lanterna da competição com os mesmos três pontos do alvinegro e um saldo de três gols negativos. O rubro-negro volta a jogar na próxima quinta-feira, quando recebe o Nacional de Patos em jogo atrasado da segunda rodada no Estádio Amigão. Já o Galo só volta a campo no próximo domingo, quando recebe o Sousa no Estádio Presidente Vargas (PV).

O JOGO

O alvinegro iniciou a partida buscando mais o gol do que o Campinense, que parava a partida com muitas faltas. Aos quinze minutos, surgiu uma cobrança frontal e o meia Daniel Costa não desperdiçou. O jogador bateu forte para abrir o placar. Ele ainda contou com a ajuda do goleiro Pantera, que não conseguiu defender a bola no meio do gol e acabou falhando.

O Campinense não conseguiu reagir e continuou cometendo mais faltas do que o Treze. Em nova bola parada, Daniel Costa cruzou na área e encontrou o zagueiro Ênio livre. O capitão alvinegro só teve o trabalho de testar forte para ampliar o placar.

No segundo tempo, o Campinense tomou mais a iniciativa e logo no início da etapa complementar dois lance duvidosos da arbitragem marcaram o confronto. Primeiro, Glaybson balançou as redes, aproveitando rebote de Gilberto, e um dos auxiliares marcou impedimento. Logo em seguida, o árbitro José Renato deixou de marcar um pênalti claro em cima do atacante Zé Paulo.

Alheio aos erros da arbitragem, o Treze continuou tentando matar a partida. Aos 31 minutos, Téssio cruzou para Daniel Costa ganhar de um zagueiro e do goleiro, antes de marcar o terceiro gol do Galo, o seu segundo na partida. No finalzinho, Tiago Chulapa ainda aproveitou cruzamento para ampliar o marcador e por um ponto final na goleada.

 

Fonte: Lancepress! Lancepress!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade