0

Companheiro de Seedorf no Milan, Cafu sai em defesa do amigo

25 mar 2013
13h28

Assim como na tarde deste domingo, em Moça Bonita, o dia 22 de abril de 2006, ficou marcado na carreira de Seedorf. Em um jogo contra o Messina, pelo Campeonato Italiano, o camisa 10 do Botafogo, então jogador do Milan, foi expulso pela primeira vez na sua carreira.

Na época usando a 20 dos milanistas, Seeedorf perdeu a paciência depois de ter sido provocado pelo zagueiro Aronica, já nos acréscimos da partida disputada no estádio San Fillipo, na cidade de Messina. Seedorf já havia reclamado após uma falta no companheiro Cafu, minutos antes.

Em contato com o LANCE!Net, Cafu, que não se lembrava da confusão que gerou a primeira expulsão de Seedorf na carreira, saiu em defesa do camisa 10 do Botafogo após o polêmico jogo com o Madureira.

- Acompanhei, mas é difícil opinar, pois é preciso saber o que o realmente aconteceu. O juiz já havia voltado atrás em uma marcação do pênalti. Uma coisa que posso dizer é que o Seedorf não vai expulso de campo à toa, haja vista todo o seu histórico como jogador exemplar e correto. Não fica falando com juiz, não enche o saco do árbitro a toda hora. Mas é difícil falar sem saber o que houve - disse ao L!Net.

Fonte: Lancepress! Lancepress!
publicidade