2 eventos ao vivo

Contra cansaço, Fluminense aposta em planejamento

25 abr 2013
15h40

O Fluminense tem a semana livre para se preparar para a partida deste domingo, às 16 horas (de Brasília), contra o Volta Redonda, no Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda, pelas semifinais da Taça Rio. Porém, o técnico Abel Braga e os jogadores já se preocupam com a maratona que se desenha a partir da próxima semana, caso o clube consiga pelo menos o empate diante do Voltaço e passe para a decisão.

Na segunda-feira, após o jogo contra o Volta Redonda, o elenco fará um treino regenerativo. Na terça pela manhã, o grupo volta ao trabalho nas Laranjeiras e na parte da tarde viaja para Guayaquil, no Equador, onde na quinta, encara o Emelec, às 22h30 (de Brasília), pelas oitavas de final da Copa Libertadores. Preocupados com o desgaste, os dirigentes fretaram um avião.

O vôo da volta também será em avião fretado. Afinal de contas, foi a única maneira de conseguir retornar ao Brasil na própria madrugada de sexta-feira, poucas horas depois do confronto. A ideia é minimizar o cansaço por conta de uma eventual final da Taça Rio, no domingo seguinte, contra Botafogo ou Resende, que fazem a outra semifinal.

Caso conquiste a Taça Rio, o Fluminense enfrentará o Botafogo na decisão do Campeonato Carioca em dois jogos nos domingos seguintes, 12 e 19 de maio. Mas já no dia 8 de maio, uma quarta-feira, tem o duelo da volta contra o Emelec.

"Sabemos que a tendência é que o desgaste seja realmente muito grande, pois são todos jogos com caráter decisivo e que exigem muito empenho ao longo dos noventa minutos. Mas estamos nos preparando e sabemos que todos aqui desejam muito esses dois títulos, assim como os torcedores, e vamos lutar muito para conquistá-los", afirmou o zagueiro Leandro Euzébio.

Em termos de escalação para a partida contra o Volta Redonda a definição deverá acontecer nesta sexta-feira. Dificilmente o técnico Abel Braga vai preservar jogadores. Além disso, deverá usar em algum momento os meias Thiago Neves, recuperado de estiramento na panturrilha esquerda, e Deco, livre de um estiramento na coxa direita. Os dois voltaram a treinar com bola esta semana, assim como o atacante Marcos Junior, recuperado de um estiramento na coxa esquerda. Nesta sexta-feira o elenco treina pela manhã nas Laranjeiras.

Fora de campo o clube foi notificado de que está sendo processado pelo goleiro Fernando Henrique, atualmente no Ceará. O jogador, que deixou o Tricolor em 2011, cobra o pagamento do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS), direito de arena e algumas premiações. Em 2011 ele assinou a rescisão de contrato com o clube carioca, mas diz não ter recebido as receitas citadas.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
publicidade