3 eventos ao vivo

Argentina bate Venezuela e caminha tranquila para Brasil-2014

22 mar 2013
23h52
atualizado às 23h54

A Argentina goleou a Venezuela por 3 a 0 nesta sexta-feira, na 11ª rodada das eliminatórias sul-americanas, e consolidou sua liderança a caminho da Copa do Mundo do Brasil, em 2014.

No estádio Monumental de Buenos Aires, os gols foram marcados por Gonzalo Higuaín, aos 29 da etapa inicial e aos 14 do segundo tempo, e por Lionel Messi, de pênalti, aos 45.

Os argentinos dominaram amplamente a partida e se vingaram da derrota por 1 a 0 sofrida na primeira rodada das eliminatórias, em Puerto La Cruz, primeiro e único tropeço nestas eliminatórias.

Tendo Messi como fator de desequilíbrio, a Argentina abriu o placar após uma perfeita troca de passes que terminou nos pés de Higuaín, que arrematou com um tiro rasteiro, para a alegria da torcida local.

A Venezuela, mais concentrada em evitar uma goleada do que em empatar, sofreu o segundo gol em cobrança de pênalti de Messi, após Cichero usar a mão para evitar o avanço do craque do Barcelona.

Messi voltou a brilhar no passe na medida para Higuaín, em posição de impedimento, que aproveitou o erro da arbitragem para fechar o placar.

Com a vitória, a Argentina do técnico Alejandro Sabella soma 23 pontos e segue firme rumo à Copa do Mundo no Brasil, enquanto a Venezuela permanece com 12 unidades, na quinta posição, fora da zona de classificação direta.

Na próxima rodada, na terça-feira, a Argentina visita a Bolívia na altitude de La Paz, enquanto a Venezuela recebe a Colômbia em Puerto Ordaz.

"Era preciso vencer para abrir uma boa vantagem de pontos e consolidar a liderança. A Venezuela não é um adversário fácill", disse Higuaín.

"Perdemos a organização, este foi o nosso erro, e contra a Argentina não se pode errar", resumiu o técnico da Venezuela, César Farías, ao final da partida.

AFP Todos os direitos de reprodução e representação reservados. 
publicidade