0

Argentina garante vaga e Uruguai ganha fôlego rumo à Copa de 2014

11 set 2013
01h34
atualizado às 01h48

A Argentina se tornou nesta terça-feira a primeira seleção sul-americana a garantir presença na Copa do Mundo do Brasil, ao golear o Paraguai por 5 a 2 na antepenúltima rodada das eliminatórias sul-americanas, enquanto o Uruguai voltou à disputa ao bater a Colômbia por 2 a 0.

O craque Lionel Messi teve participação decisiva no triunfo argentino ao marcar dois gols de pênalti. Sergio 'Kun' Aguero, Angel Di María e Maxi Rodríguez também deixaram sua marca, enquanto os gols paraguaios foram anotados por Ariel Nuñez e Roque Santa Cruz.

Com a vitória no estádio Defensores del Chaco de Assunção, a Argentina se isolou na liderança com 29 pontos e já não pode ser alcançada por Equador e Uruguai, que disputam a quarta posição, última que dá direito à vaga direita para a Copa.

Já a seleção do Uruguai conseguiu uma vitória importantíssima diante da sua torcida ao derrotar a Colômbia por 2 a 0, no estádio Centenário de Montevidéu, e voltou a ficar em boa posição para conseguir a classificação direta para o Mundial.

Na briga pelas quatro primeiras posições que garantem vaga direta para a Copa (o quinto disputa a repescagem contra a Jordânia), o Uruguai chegou aos mesmos 22 pontos do quarto colocado, Equador, que empatou por 1 a 1 com a Bolívia.

Os colombianos perderam a oportunidade de carimbar seu passaporte para o Brasil com três rodadas de antecedência, já que o empate garantia a classificação.

Radamel Falcao Garcia e companhia estavam com a vaga nas mãos faltando 13 minutos para o fim da partida, até que outro grande artilheiro, Edinson Cavani, levou a torcida uruguaia ao delírio ao abrir o placar com um belo gol de cabeça, aos 32 do segundo tempo.

Três minutos depois, foi a vez de Stuani balançar as redes, garantindo de vez a vitória da 'Celeste'.

A Venezuela manteve vivo o sonho de disputar a primeira Copa do Mundo da sua história ao derrotar o Peru de virada por 3 a 2, em Puerto de la Cruz. Com o triunfo, a seleção 'vinotinto' chegou a 19 pontos, três a menos do que o Uruguai.

As chances venezuelanas, porém, são remotas, já que a equipe tem um jogo a mais do que os rivais: precisa derrotar o lanterninha Paraguai no dia 11 de outubro, e torcer para que uruguaios e equatorianos percam seus dois últimos jogos.

Hurtado abriu o placar para os peruanos aos 20 minutos de jogo, mas Salomon Rondón empatou aos 37, César González iniciou a virada de pênalti aos 16 da etapa final e Rómulo Otero anotou o terceiro aos 33.

Carlos Zambrano descontou aos 44, mas não foi suficiente para evitar a derrota do Peru, que ficou matematicamente fora da disputa por uma vaga na Copa.

Já o Equador ficou no empate por 1 a 1 fora de casa com a Bolívia, que abriu o placar com Arascaita no primeiro minuto do segundo tempo.

Caicedo, aos 13, marcou e manteve o Equador na quarta colocação da tabela, com 22 pontos, na briga por uma das quatro vagas diretas.

-- Resultados da 16ª rodada, disputada nesta terça-feira:

Em Montevideo: Uruguay - Colômbia 2-0

Em Puerto La Cruz: Venezuela - Peru 3-2

1. Argentina 29 14 8 5 1 30 11 Classificada

- 17ª rodada, no dia 11 de outubro de 2013:

Veja também:

AFP Todos os direitos de reprodução e representação reservados. 
publicidade