Brasília confirma duas partidas-teste antes das Confederações

  • Diogo Alcântara
Diogo Alcântara
Direto de Brasília
atualizado às 19h38
  • separator
  •  
  • comentários

A três meses do início da Copa das Confederações, o governo do Distrito Federal promete para maio dois jogos que funcionarão como testes para verificar a operacionalidade do Estádio Nacional de Brasília (Mané Garrincha), ainda em obras.

“Quanto mais teste, mais tranquilidade”, avaliou o gerente-geral de integração operacional do Comitê Organizador Local (COL) da Copa, em vistoria realizada neste domingo à arena da capital federal.

<p>Estádio Nacional passou por vistoria neste domingo</p>
Estádio Nacional passou por vistoria neste domingo
Foto: Adalberto Marques/Agif / Gazeta Press

“Para evento teste, vamos ter no dia 18 (de maio) uma finalíssima do campeonato do Distrito Federal, e o governador (Agnelo Queiroz) está trabalhando junto à Confederação Brasileira de Futebol para termos no dia 25 de maio um grande jogo, um grande clássico do Campeonato Brasileiro”, afirmou o secretário extraordinário para a Copa 2014 no DF, Cláudio Monteiro, referindo-se a partida entre Santos e Flamengo, pela rodada inaugurado do torneio nacional

Monteiro explicou que a final do Campeonato Candango contará com capacidade reduzida de público. São esperados entre 25 mil e 30 mil pessoas. O teste para a capacidade total será a partida do Campeonato Brasileiro.

Neste domingo, uma comitiva de mais de 60 técnicos do COL e da Fifa visitaram o estádio de Brasília para analisar como funcionará a logística de operação da arena em dias de partida. No total, são 17 áreas a ser verificadas que vão de fluxo de espectadores e entrada de jogadores no estádio a estruturação de áreas vips para autoridades.

&amp;amp;lt;a data-cke-saved-href=&amp;amp;quot;http://www.terra.com.br/esportes/infograficos/projeto-estadios-brasileiros/iframe.htm&amp;amp;quot; data-cke-517-href=&amp;amp;quot;http://www.terra.com.br/esportes/infograficos/projeto-estadios-brasileiros/iframe.htm&amp;amp;quot;&amp;amp;gt;veja o infogr&amp;amp;aacute;fico&amp;amp;lt;/a&amp;amp;gt;

O chefe do escritório da Copa do Mundo da Fifa, Chris Unger, fez críticas moderadas à entrega do estádio. Para ele, o “ideal” seria que a arena estivesse pronta com antecedência de seis meses, mas o governo local diz que ela estará pronta apenas no dia 21 de abril, pouco menos de dois meses antes de sediar a abertura da Copa das Confederações, no dia 15 de junho. “É um prazo curto, mas é a realidade que temos. Não há escolha, senão finalizá-la nos próximos dois meses”, ponderou.

&amp;amp;amp;amp;amp;lt;a data-cke-saved-href=&amp;amp;amp;amp;quot; http://www.terra.com.br/esportes/infograficos/projetos-e-obras-copa-2014/iframe.htm&amp;amp;amp;amp;quot; href=&amp;amp;amp;amp;quot; http://www.terra.com.br/esportes/infograficos/projetos-e-obras-copa-2014/iframe.htm&amp;amp;amp;amp;quot;&amp;amp;amp;amp;amp;gt;veja o infogr&amp;amp;amp;amp;aacute;fico&amp;amp;amp;amp;amp;lt;/a&amp;amp;amp;amp;amp;gt;
Terra

compartilhe

comente

  •  
  • comentários
publicidade
publicidade