0

Com nova cobertura, Maracanã tem previsão de custo de R$ 1 bilhão

17 mai 2011
19h09
atualizado às 21h38

Palco da final da Copa do Mundo de 2014, o Maracanã já tem data para ser entregue: dezembro de 2012. A garantia foi dada pelo vice-governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão, durante a apresentação do projeto de reforma do estádio, no Tribunal de Contas da União (TCU), nesta terça-feira, em Brasília.

Pezão ainda assegurou que o custo total das obras não ultrapassará o teto de um bilhão de reais. O orçamento, que começou em R$ 705,6 milhões, já está em R$ 956.787.720,00. O aumento, de acordo com o vice-governador, é por conta de uma nova cobertura que será instalada.

"Será a mais moderna arena do mundo. Terá tecnologia da informação, assentos marcados, cobertura de última geração e atenderá a todos os requisitos da Fifa e do Comitê Olímpico Internacional. E custará menos de RS 1 bilhão. Será mais moderno que o Wembley, na Inglaterra, que custou quase o dobro", afirmou o vice-governador.

De acordo com a secretaria de obras, a reforma do Maracanã está dentro do cronograma. Desde a semana passada, os 800 funcionários tiveram seus turnos de trabalho dobrados e cerca de 90% da parte interna (arquibancadas, vestiários, camarotes, etc) já foi demolida.

O Rio de Janeiro foi a primeira sede a apresentar o projeto detalhado ao TCU, mas ainda não há data limite para o envio definitivo. A Fifa, por sua vez, tem até o dia 30 de junho para fazer novas exigências ao projeto.

Orçamento é quase o dobro do previsto inicialmente para o projeto
Orçamento é quase o dobro do previsto inicialmente para o projeto
Foto: Rio de Janeiro''s Government press office / AFP
Fonte: Gazeta Esportiva
publicidade