0

Costa do Marfim joga por vitória e Grécia tenta reviravolta no grupo C

23 jun 2014
16h11
atualizado às 19h31

Costa do Marfim e Grécia se enfrentam no Castelão, em Fortaleza, nesta terça-feira às 17h (horário de Brasília), em duelo importante pela segunda vaga do grupo C da Copa do Mundo, que também é disputada pelo Japão, que encarará a Colômbia no mesmo horário na Arena Pantanal, em Cuiabá.

Uma vitória garantirá a seleção africana na próxima fase. Se o jogo terminar empatado, Drogba e companhia precisarão que os japoneses empatem com os colombianos. Já os gregos precisam dos três pontos, aliado a tropeço dos Samurais Azuis.

Rivais nesta terça, as duas seleções têm histórico parecido na competição. Eliminadas na primeira fase nas duas únicas edições que participaram, Costa do Marfim e Grécia buscam a inédita classificação para as oitavas.

Os Elefantes precisaram se recuperar de um baque nesta semana, com a morte de Ibrahim, irmão mais novo de Yaya e Kolo Touré, vítima de câncer. O grupo se abateu e a dupla chegou a cogitar deixar o Brasil, mas a permanência ganhou ares de homenagem ao caçula.

Abatido com a perda, Yaya Touré pouco treinou durante a semana. Jogador mais importante da equipe pela técnica e pela capacidade de liderança em campo, o meia é imprescindível para o esquema de jogo da seleção.

Para o jogo contra os gregos, a Costa do Marfim terá a volta do atacante Didier Ya Konan, desfalque contra a Colômbia por lesão. O jogador do Hannover 96, no entanto, deverá ser uma alternativa no banco de reservas.

Entre os titulares, o treinador continuará Wilfried Bony e Gervinho no ataque. Veterano e maior ídolo do futebol no país, o centroavante Didier Drogba deverá entrar no segundo tempo, assim como nas duas primeiras partidas.

Em situação delicada no grupo, a Grécia chega para o duelo final sem o jogador mais experiente. O técnico português Fernando Santos não poderá contar com o meia e capitão Kostas Katsouranis, expulso na partida contra os japoneses.

Para o lugar do veterano há dúvida. O escolhido deverá sair entre o experiente Giorgios Karagounis, de 37 anos, campeão da Eurocopa em 2004, ou Andreas Samaris, atleta de mais vigor físico.

No ataque, Santos terá a volta de Konstantinos Mitroglou, que está recuperado de lesão. O jogador é a principal esperança de gols da seleção grega, que ainda não balançou as redes no Mundial.

Prováveis escalações:.

Grécia: Karnezis; Torosidis, Manolas, Papastathopoulos e Holebas; Karagounis (Samaris), Maniatis, Kone, Fetfatzidis e Samaras; Mitroglou. Treinador: Fernando Santos.

Costa do Marfim: Barry; Aurier, Zokora, Bamba e Boka; Serey, Tioté e Yaya Touré; Gradel, Gervinho e Bony. Técnico: Sabri Lamouchi.

Árbitro: Carlos Vera (Equador) auxiliado pelos compatriotas Christian Lescano e Byron Romero.

Estádio: Castelão, em Fortaleza.

EFE   

compartilhe

publicidade