1 evento ao vivo

Definição dos potes da Copa terá sorteio preliminar para seleções europeias

3 dez 2013
15h11
atualizado às 15h46

A Fifa bateu o martelo, tirando a última dúvida sobre a definição dos potes do sorteio dos grupos da Copa do Mundo do Brasil-2014: uma das nove seleções europeias que não são cabeças de chave será sorteada para integrar um pote com equipes sul-americanas e africanas.

No sábado, o secretário-geral da Fifa, Jerôme Valcke, tinha revelado que cogitava duas alternativas, o sorteio preliminar (que acabou sendo aprovado) ou a colocação automática da França, seleção menos bem ranqueada entre as europeias que participam da competição, no pote com representantes de outras confederações (solução que acabou sendo descartada).

"Vamos tirar do Pote 4 um europeu para o Pote 2. Queremos ter certeza de que teremos oito seleções por pote. Essa decisão foi tomada pelo Comitê Executivo. Conversamos com os presidentes das diferentes confederações. Trata-se de um sorteio, não de escolher a equipe a dedo", explicou Valcke nesta terça-feira.

Nesta sexta-feira, logo antes do sorteio geral dos grupos, Holanda, Itália, Inglaterra, Portugal, Grécia, Bósnia, Croácia, Rússia e França saberão se vão permanecer no pote 4, ou integrar o pote 2, com Chile, Equador, Costa do Marfim, Gana, Argélia, Nigéria e Camarões.

A seleção europeia sorteada para ficar no pote 2 terá a certeza de enfrentar na primeira fase um cabeça de chave sul-americano (Brasil, Argentina, Colômbia ou Uruguai), evitando assim o confronto com Espanha, Alemanha, Bélgica ou Suíça.

Nesta configuração, existe a possibilidade de haver um 'grupo da morte' com três campeões mundiais: Brasil, França (caso seja sorteada no pote 2) e Itália, que podem ter como adversário mais difícil o México.

Uma chave mais fácil para os comandados do técnico Luiz Felipe Scolari teria Argélia, Irã e Bósnia.

A definição dos cabeças de chave foi baseada no ranking da Fifa do dia 17 de novembro, para não favorecer equipes que disputam a repescagem (soma-se mais pontos com jogos oficiais do que com amistosos).

Para a definição dos outros potes, foi privilegiado um critério geográfico, para evitar que os grupos possam apresentar a maior diversidade possível de continentes.

Dois países de uma mesma zona de classificação não podem ficar na mesma chave, a não ser os europeus (são 13, para apenas 8 grupos).

Composição dos potes do sorteio dos grupos da Copa do Mundo:

. Pote 1 (Cabeça de chave): Brasil, Espanha, Alemanha, Argentina, Colômbia, Bélgica, Suíça e Uruguai

. Pote 2: Chile, Equador, Costa do Marfim, Gana, Argélia, Nigéria, Camarões + uma seleção europeia sorteada

. Pote 3: Estados Unidos, México, Costa Rica, Honduras, Japão, Irã, Coreia do Sul e Austrália

. Pote 4: Holanda, Itália, Inglaterra, Portugal, Grécia, Bósnia, Croácia, Rússia e França (uma dessas seleções será sorteada para integrar o pote 2.

AFP Todos os direitos de reprodução e representação reservados. 
publicidade