1 evento ao vivo

Eliminatórias têm primeira seleção quase lá e grandes em risco; veja guia

26 mar 2013
07h28
atualizado às 09h16
  • separator
  • comentários

Japão classificado e Espanha e México na repescagem. É claro que as Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2014 ainda estão em um momento intermediário, mas esses são alguns dos encaminhamentos possíveis em jogos de cinco continentes diferentes que ocorrem nesta terça-feira. Ainda assim, há algo que pode ser definitivo: os japoneses têm tudo para ser, após o Brasil, os primeiros a confirmar vaga para o próximo Mundial. E já nesta terça. Exceção é a África, cujas equipes folgam neste meio de semana e só voltam a atuar em junho.

No guia abaixo, entenda a situação bastante confortável do Japão e um apanhado de cada uma das cinco Eliminatórias. Há jogo quentíssimo entre França x Espanha, há a Argentina de Messi na tentativa de reverter uma vergonha do passado e ainda o sempre trepidante México x Estados Unidos pela Concacaf. Veja o que de melhor ocorre nesta terça, logo abaixo:

Kagawa é o jogador mais badalado da seleção japonesa
Kagawa é o jogador mais badalado da seleção japonesa
Foto: Getty Images
Ásia - Japão deve ser primeira seleção a obter classificação para a Copa 2014

Com quatro vitórias e um empate em cinco jogos, o Japão tem aproveitamento muito acima das demais seleções asiáticas. As Eliminatórias do continente retornam nesta terça-feira e os japoneses têm chances muito grandes de se confirmarem matematicamente em visita à Jordânia.

Para isso, basta vencer ou então empatar. Os australianos, que empataram nesta terça-feira com Omã, são favoritos para ficar com o segundo lugar da chave, o que também leva ao Brasil. A equipe está com seis pontos ganhos, empatado com o próprio Omã, que tem um jogo a mais.

Já pelo Grupo 1, o panorama é mais incerto. Uzbequistão e Coreia do Sul, respectivamente líder e vice-líder, jogam em casa. O primeiro contra o Bahrein, o segundo diante do Líbano. Após a rodada da próxima terça, há só três rodadas, todas em junho, para fechar as seleções classificadas.

Guia das Eliminatórias da Ásia
Japão, Austrália, Uzbequistão e Coreia do Sul classificariam hoje. Irã e Omã disputariam uma vaga na repescagem contra a quinta colocada da América do Sul
Rodadas que restam: quatro (se encerra em 18 de junho de 2013). A repescagem será jogada em setembro

- Confira a tabela atualizada das Eliminatórias da Ásia

Messi comandou Argentina em vitória tranquila na sexta
Messi comandou Argentina em vitória tranquila na sexta
Foto: EFE

América do Sul - Messi tenta vingança

Pela 12ª rodada das Eliminatórias da América do Sul, a embalada Argentina tentará superar um drama particular, nesta terça-feira, em La Paz. Com Messi no comando, visita a Bolívia disposta a vingar a derrota mais dilatada de sua história, por 6 a 1, sofrida em abril de 2009 também pelas Eliminatórias.

O panorama para este encontro, porém, deixa poucas hipóteses de que o resultado ou algo parecido possa se repetir. A Argentina não perde há oito jogos pelas Eliminatórias e, na sexta passada, fez 3 a 0 na Venezuela. A Bolívia, com poucas chances de jogar a Copa, levou 5 a 0 da Colômbia no mesmo dia.

Ainda há muita expectativa pelo que promete ser o encontro mais quente da rodada, entre Chile x Uruguai, em Assunção. As duas seleções fazem confronto direto pela quarta colocação e chegam mordidas, já que perderam pontos na sexta passada graças a gols sofridos no fim. Vice-líder, a Colômbia tenta mais um grande resultado, desta vez em visita a Venezuela. Enquanto o Peru folga, o Equador retorna às Eliminatórias e tenta confirmar sua condição de terceira força, em Quito, contra o ainda lanterna Paraguai. 

- Confira a tabela atualizada das Eliminatórias Sul-Americanas

Guia das Eliminatórias Sul-Americanas
Argentina, Colômbia, Equador e Uruguai classificariam hoje. Venezuela jogaria repescagem contra quinta seleção da Ásia
Rodadas que restam: sete (se encerra em 15 de outubro de 2013)

Giovani dos Santos e o México têm início ruim na Concacaf
Giovani dos Santos e o México têm início ruim na Concacaf
Foto: EFE

Concacaf - Mexicanos tentam despertar para não perder contato

O hexagonal que reúne América do Norte e América Central chega à terceira de dez rodadas que levarão as três primeiras seleções da Concacaf ao Brasil. O clássico da confederação ocorre nesta terça, no Estádio Azteca, e terá o pressionado México diante dos Estados Unidos. 

Depois de decepcionar em empates contra a Jamaica, na estreia, e Honduras, na sexta passada, o México precisa vencer pela primeira vez para não perder contato com os líderes. A ponta está com Honduras, que surpreendeu ao somar quatro pontos em jogos duros com americanos e mexicanos, e agora visita o Panamá. 

O quarto colocado da Concacaf enfrentará a Nova Zelândia pela repescagem, conforme se confirmou com a definição do campeão da Oceania na última sexta. 

- Confira a tabela atualizada das Eliminatórias da Concacaf

Guia das Eliminatórias da Concacaf
Honduras, Estados Unidos e Panamá classificariam hoje. México iria à repescagem
Rodadas que restam: nove (se encerra em 15 de outubro de 2013). Repescagem contra a Nova Zelândia ocorre em novembro

Espanhóis tropeçaram na Finlândia na última sexta e estão sob pressão
Espanhóis tropeçaram na Finlândia na última sexta e estão sob pressão
Foto: Getty Images

Europa - Clássico decisivo pode aproximar Espanha da repescagem

Nesta terça, em Paris, a França tem chance grande de vingar sua eliminação recente para a Espanha na Eurocopa. As duas seleções se encontram e os franceses, com dois pontos a mais, praticamente enviam os espanhóis à repescagem em caso de vitória. Após o encontro que ocorre no Stade de France, são só três jogos para uma, mas contra rivais de pouca expressão. 

Mais duas seleções têm situação delicada e devem ser monitoradas nesta terça. A Inglaterra tem 11 pontos contra 13 da líder Montenegro, equipe de Vucinic, da Juventus. Os montenegrinos recebem os ingleses em jogo certamente de temperatura elevada. Olho ainda nos portugueses, cuja aspiração cada vez mais se restringe apenas à repescagem. Além de tentar vencer Azerbaijão fora, o que não deve ser tão difícil, Portugal ficará na torcida contra Israel, vice-líder, que visita a Irlanda do Norte. A chave é dominada pela Rússia. 

Ao lado dos próprios russos, que só jogaram amistoso contra o Brasil, a Holanda é a equipe de melhor campanha e venceu os cinco jogos disputados - o sexto é nesta terça, em casa, contra a Romênia. Alemanha (recebe o Cazaquistão), Bélgica (recebe a Macedônia) e Itália (visita Malta) estão em ótimas condições em suas chaves. A exemplo da Bósnia, que folga.

- Confira a tabela atualizada das Eliminatórias Europeias

Guia das Eliminatórias Europeias
Rodadas que restam: seis (se encerra em 15 de outubro) e jogos de ida e volta pela repescagem (em novembro)

Samba, zagueiro do Congo, faz sucesso no Campeonato Inglês
Samba, zagueiro do Congo, faz sucesso no Campeonato Inglês
Foto: AFP

África - Com Congo em vantagem, africanos só voltam a jogar em junho

Metade da segunda fase das Eliminatórias Africanas já se encerrou, o que configura, para a próxima rodada em junho, a entrada do momento de decisão no continente. São só mais três jogos para cada seleção, o que irá definir os dez países que avançam à fase definitiva - da qual sairão os cinco times que vão ao Brasil. O Congo tem tudo para ser o primeiro desses dez.

Com três vitórias em três jogos, a modesta equipe tem o zagueiro Samba, do Queens Park Rangers, como nome mais conhecido. O Congo visita o Gabão em junho e, se vencer, ficará na torcida por um empate entre Níger e Burkina Faso - este, vice-campeão da Copa Africana de Nações, deve ser o primeiro time com expectativas de classificação a ser eliminado.

Tunísia, Costa do Marfim, Nigéria, Egito, Mali e Senegal estão entre as equipes com situação razoavelmente encaminhada para a terceira fase. Além de Burkina Faso, a Argélia, que foi à Copa de 2010, tem chances consideráveis de eliminação. Por fim, destaque para a situação de Gana, potencialmente entre os mais fortes africanos: os ganeses (visitam o Sudão) têm seis pontos contra sete da Zâmbia (recebem Lesoto) e tentarão não perder contato até setembro. Em casa, definirão a vaga contra os zambianos. 

A terceira fase tem formato simples: as dez seleções serão sorteadas e, em duelo de mata-mata, serão definidos os cinco países que jogam no Brasil. 

- Confira a tabela atualizada das Eliminatórias na África

Guia das Eliminatórias Africanas
Rodadas que restam: três da segunda fase e jogos de ida e volta na terceira fase (se encerra em novembro de 2013)
Fonte: Terra
  • separator
  • comentários
publicidade