PUBLICIDADE

Anúncio de Parreira não é bem recebido por parte dos sul-africanos

23 out 2009 16h28
| atualizado às 17h38
Publicidade

O anúncio de Carlos Alberto Parreira como novo técnico da África do Sul não pegou bem entre alguns torcedores da África do Sul. Em um blog hospedado no site IOL, um conglomerado de mídia sul-africano, que acompanhou a reunião que definiu a contratação do treinador brasileiro, não foram poucos os comentários contrários ao retorno do ex-treinador do Fluminense.

» Parreira é o novo técnico da África do Sul
» Atual campeã mundial, Itália encara Suécia em novembro
» Ronaldinho "agradece" provocações e mira Copa de 2010
» Alemanha fará amistoso com Argentina em março de 2010
» Secretário-geral da ONU quer Copa para mudar imagem da África

"Eu posso apostar que este novo treinador não irá durar. Eu não o vejo treinando os Bafana-Bafana (como é conhecida a seleção sul-africana) na Copa do Mundo. Ele será despedido antes da Copa do Mundo ou sua mulher ficará doente de novo", escreveu um torcedor identificado como KB relembrado o episódio que culminou com a saída de Parreira em abril de 2008 antes de Joel Santana, demitido nesta semana, ter assumido o cargo.

"O que acontecerá se a mulher de Carlos adoecer de novo só que faltando uma semana para a Copa do Mundo - ele irá voltar para o Brasil, isso não é profissional. Eu só espero que ele tenha seu salário atrelado à performance: sem vitórias, sem pagamento", escreveu outro torcedor.

"Eu estou pensando em vender a minha camisa da seleção. Eu trabalho em outro país e sempre que a coloco me sinto envergonhado. Estamos a poucos meses da Copa e a Safa (Federação Sul-Africana de Futebol) ainda contrata um treinador estrangeiro. Estão eles desmerecendo nossos treinadores locais? Eles não têm experiência suficiente? Eu deveria também renunciar minha cidadania sul-africana", revoltou-se o torcedor Romeo Kay fazendo coro às reclamações de outros torcedores que gostariam de ver um treinador local para ganhar experiência até mesmo para a Copa de 2014, no Brasil.

"Eu acredito que nós, sul-africanos, as vezes duvidamos de nossas próprias habilidades. Já é muito tarde para um treinador brasileiro mudar as coisas. Vamos pegar um grupo de treinadores daqui para levar este navio que está afundando e preparar (o time) para 2014. Nossos jogadores não estão prontos e temos um longo caminho para ir bem nesta Copa do Mundo", disse o torcedor Sammy.

"Nós temos que apoiar qualquer um que a Safa anuncie como treinador. Para bem da nação que irá receber a Copa", escreveu uma voz dissonante.

Fonte: Redação Terra
Publicidade