0

Com gol irregular, França empata com Irlanda e vai para a Copa

18 nov 2009
20h33
atualizado às 21h13

A França conquistou a sua vaga na Copa do Mundo com doses de sofrimento e uma ajuda daquelas da arbitragem. A penúltima seleção a se classificar foi conhecida apenas na prorrogação depois de a Irlanda fazer 1 a 0 no tempo regulamentar. Nos minutos extras, Gallas marcou o gol que garantiu a atual vice-campeã mundial na Ágrica do Sul

» ESPN: assista aos gols da partida
» Veja fotos do jogo
» Portugal encerra angústia e vai à Copa com vitória na Bósnia
» Eslovênia vence Rússia e se garante na Copa de 2010
» Grécia vence fora de casa e vai para sua segunda Copa do Mundo
» Depois de semana tensa, Argélia vence e vai à Copa do Mundo

Jogando fora de casa, a Irlanda precisava devolver o placar de 1 a 0 que a França fez em Dublin. Jogando no Stade de France, o mesmo em que a França conquistou sua única Copa do Mundo, a Irlanda foi melhor e conseguiu marcar o gol ainda no primeiro tempo. Aos 32min, Damien Duff tabelou com Kevin Kilbane e cruzou para o meia da área, onde Robbie Keane estava, sem marcação, para fazer o primeiro gol.

Robbie Keane poderia se tornar ainda mais ídolo da Irlanda se não tivesse perdido um gol cara a cara com o goleiro Lloris no segundo tempo.

Apesar de pressionar e abusar dos cruzamentos na área - facilmente interceptados pelos zagueiros irlandeses - a França resolveu botar a bola no chão na prorrogação e levou perigo para o gol defendido por Shay Given. Logo no início, o atacante Anelka chutou rasteiro, de fora da área. Minutos depois ele invadiu a área e foi derrubado pelo arqueiro na área. O árbitro sueco Martin HaHansson marcou apenas tiro de meta.

A compensação veio no gol de empate da França. Malouda cobrou falta na área e logo no início do lance, dois jogadores franceses já estavam em posição de impedimento antes de Henry dominar a bola com a mão e tocar para Gallas marcar de cabeça. A revolta dos irlandeses foi instantânea, mas as reclamações não fizeram o árbitro voltar da decisão.

Gallas marca o gol que deu a vaga à Copa; irlandeses reclamam ao fundo
Gallas marca o gol que deu a vaga à Copa; irlandeses reclamam ao fundo
Foto: AFP
Fonte: Redação Terra

compartilhe

publicidade
publicidade