0

'Especialista’ em repescagem, Uruguai enfrenta Jordânia fora de casa

12 nov 2013
14h50
atualizado às 14h55

A Jordânia recebe o Uruguai na capital do país, Amã, na quarta-feira, às 13h (de Brasília), pelo jogo de ida das repescagens das Eliminatórias da Copa do Mundo de 2014. A seleção local vai em busca de um feito inédito, já que nunca participou de um Mundial. Os uruguaios, no entanto, disputam sua quarta repescagem seguida e vem como franco-favoritos.

O clima nas ruas de Amã é de total êxtase pela inédita chance de se classificar a uma Copa do Mundo. A campanha nas Eliminatórias asiáticas para o Mundial de 2014 foi a melhor da história dos jordanianos, que ficaram na quinta classificação geral, após bater o Uzbequistão na quinta fase do torneio.

O técnico da Jordânia, o egípcio Hossam Hassan, é considerado o grande responsável pela ótima campanha dos asiáticos. Ele declarou de como é o sentimento de estar na principal competição de seleções do mundo.

"Jogar uma Copa do Mundo é um sonho para qualquer jogador. Eu vivi momentos inesquecíveis, e tento transmitir isso aos meus comandados. Eles estão com muita vontade de participar da competição’’ disse o treinador ao site uruguaio Ovación Digital. Ele já participou de um Mundial, em 1990, na Itália, jogando pela seleção egípcia.

Hassan destacou a força de seus comandados jogando em casa. Os jordanianos bateram o Japão e a Austrália, seleções já classificadas para a Copa do Mundo de 2014, em duelos disputados em Amã.

No lado celeste, mais uma repescagem, a quarta seguida. Em 2002 e 2006 enfrentou a Austrália. Em 2010, jogou contra a Costa Rica. Apenas em 2006, na repescagem para a Copa do Mundo da Alemanha, que os sul-americanos não conseguiram se classificar para o Mundial. Nestas Eliminatórias da América do Sul, o Uruguai terminou na quinta colocação e por isso disputa esta fase de classificação.

Muitas novidades foram promovidas pelo técnico Óscar Tábarez. Nicolás Lodeiro, meia do Botafogo, ficará responsável de armar as jogadas dos uruguaios. Na direita do meio-campo, Christian Stuani assumirá as funções, e completando o trio, na esquerda, jogará Cristian Rodríguez, do Atlético de Madri.

Talvez a principal mudança seja no arco da Celeste Olímpica. Fernando Muslera, titular costumeiro do gol, está lesionado e deixará seu lugar para Martín Silva, goleiro do Olímpia do Paraguai, vice-campeão da Libertadores deste ano.

O Uruguai se preparou em solo turco, no complexo esportivo do Galatasaray, em Istambul, com várias atividades, como treinos físicos, triangulações e finalizações. Tabárez pediu atenção nos cruzamentos na área do time da Jordânia, que devem aproveitar a alta estatura de seus jogadores.

Diego Lugano, capitão da Celeste, mostrou como os sul-americanos estão encarando o jogo: ‘’É uma partida decisiva, as Eliminatórias estão chegando ao fim e esse partido é crucial rumo ao Brasil’’.

O jogo de volta está marcado para o dia 20 de novembro, em Montevidéu, no Estádio Centenário.

FICHA TÉCNICA
JORDÂNIA X URUGUAI

Local: Estádio Internacional, em Amã (Jordânia)
Data: 13 de novembro de 2013, quarta-feira
Horário: 13h (de Brasília)
Árbitro: Svein Oddvar Moen (Noruega)
Assistentes: Kim Haglund (Noruega) e Frank Andas (Noruega)

JORDÂNIA: Mohammad Chantawi; Mohammad Ali, Saeed Al Murjan; Hatem Aqel, Ahmad Ibrahim; Oday Zahran, Khalil Bani Ateyah, Thaer Bawab; Musab Allahham, Rakan Al Khalidi e Ahmad Saleh
Técnico: Hossam Hassan

URUGUAI: Martín Silva; Maximiliano Pereira, Diego Lugano, Diego Godín, Martín Cáceres; Egidio Arévalo Ríos; Christian Rodríguez, Cristhian Stuani, Nicolás Lodeiro; Edinson Cavani e Luis Suárez
Técnico: Óscar Tabárez

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
publicidade