2 eventos ao vivo

Maradona anuncia volta de Palermo à seleção argentina

17 abr 2009
11h58

Amado por uns e odiado por outros, o atacante do Boca Juniors Martín Palermo estará de volta à seleção da Argentina para dois próximos jogos da equipe nas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2010, em junho, diante de Colômbia e Equador.

O anúncio foi feito na quinta-feira pelo técnico Diego Armando Maradona, em entrevista para a rádio La Red. "O Palermo está na lista", sintetizou o treinador, confirmando o retorno do goleador do Boca Juniors ao time nacional após quase dez anos de ausência.

A última vez em que Palermo defendeu a seleção da Argentina foi na Copa América do Paraguai, em 1999, quando marcou três gols em sete partidas. Apesar do desempenho satisfatório, o jogador ficou marcado por ter perdido três pênaltis na mesma partida, diante da Colômbia, e nunca mais foi chamado desde então.

Maior artilheiro da história do Boca Juniors, com 197 gols, o veterano atacante, 35 anos, também poderá defender a seleção argentina em um amistoso que deverá ser marcado para o mês de maio, contra adversário ainda indefinido.

A Argentina ficou abalada com a goleada por 6 a 1 sofrida diante da Bolívia, em La Paz, e deverá iniciar uma reformulação no elenco. Jogadores como Sand e Sebastián Blanco, do Lanús, Matías Caruzzo e Ignacio Canuto, do Argentino Juniors, e Cristian Campestrini, do Arsenal, estão na mira de Diego Maradona e podem ser testados no amistoso antes de confirmados no grupo principal.

Fonte: Gazeta Press
publicidade