2 eventos ao vivo

Pendurado, Messi pode desfalcar Argentina contra Brasil

9 jun 2009
18h57
atualizado às 19h45

O possível desfalque do meia-atacante Lionel Messi para enfrentar o Brasil em setembro, na sequência das Eliminatórias Sul-Americanas à Copa de 2010, preocupa a comissão técnica da Argentina para o jogo de amanhã com o Equador, em Quito.

» Dunga mantém mistério no ataque
» Kaká perde rachão para time de Robinho
» Multidão fica fora de treino da Seleção
» André Santos comemora dicas de Jorginho

Messi está com um cartão amarelo e não pega os brasileiros em Buenos Aires se for punido. Pouco antes do embarque à capital equatoriana, o técnico Diego Maradona não confirmou a escalação, mas tudo indica que a presença do jogador do Barcelona é a principal dúvida.

Apesar de a imprensa afirmar que o treinador não colocaria Messi desde o início, aparentemente ele está disposto a correr o risco em virtude da importância do confronto. Por outro lado, ele praticamente confirmou no meio-campo Fernando Gago e Sebastián Battaglia, este último para o lugar do suspenso Mascherano. Agüero, machucado, também não atua.

"Neste tipo de jogo não podemos cometer erros. Temos que aprender com o que ocorreu na Bolívia", comentou o zagueiro Martín Demichelis em referência à goleada de 6 a 1 para o rival na altitude de La Paz, em abril.

Para o zagueiro Daniel Díaz, autor do gol da vitória do último sábado sobre a Colômbia, a altitude de Quito - 2.850 metros acima do nível do mar - não influenciará tanto quanto a da cidade boliviana.

"Todos os jogos são diferentes. Precisamos atuar conscientes de que, se vencermos, estaremos muito perto do Mundial", comentou o jogador.

A Argentina ocupa a quarta posição das Eliminatórias com 22 pontos, dois dos líderes Brasil e Paraguai. O Equador está em sexto com 17, perdendo para o Uruguai nos critérios de desempate.

Messi está pendurado na seleção argentina
Messi está pendurado na seleção argentina
Foto: Reuters
EFE   
publicidade