0

Quatro seleções despontam como favoritas a um ano da Copa

11 jun 2009
08h43
atualizado às 09h18

Europa e América do Sul tentarão defender em 2010 a hegemonia histórica em Copas do Mundo. Os vencedores de todas as edições saíram de um dos continentes. A exato um ano da Copa, quatro seleções aparecem como favoritas para manter essa escrita: Brasil e Argentina, pelo lado sul-americano, e Espanha e Itália, pelo lado europeu.

» Veja fotos dos 10 estádios para a Copa do Mundo
» A um ano da Copa, organização tenta superar fantasmas
» Copa pode ficar sem C. Ronaldo e Ibrahimovic
» Seleções tradicionais correm riscos nas Eliminatórias

A Seleção Brasileira, com Dunga no comando, começou a mostrar futebol convincente nas Eliminatórias. A goleada sobre o Uruguai, por 4 a 0, em Montevidéu, deu novo ânimo ao trabalho do técnico, contestado desde que assumiu a equipe. O meio-campista Kaká já foi preparado para ser o grande líder da campanha na África do Sul. Com uma defesa segura, o goleiro Júlio César em fase espetacular e o atacante Luís Fabiano marcando gols, a Seleção tem seu favoritismo.

A Argentina, treinada por Diego Maradona, tropeçou nas Eliminatórias e até sofreu uma goleada histórica por 6 a 1 para a Bolívia. No entanto, a equipe ainda está sendo montada e deve chegar "voando" na Copa. Principalmente se Maradona investir no esquema com três atacantes: Messi, Tévez e Agüero.

Na Europa, Espanha e Itália estão bem próximas de confirmar classificação para 2010. Atual campeã do mundo, a Itália tem boa parte da base que conquistou o Mundial em 2006 e conta com revelações que podem explodir na competição, como o meia Aquilani, da Roma, que já fez dois gols nas Eliminatórias.

A Espanha, campeã européia em 2008, também mantém a base e só trocou de técnico. Vicente del Bosque, que já treinou o Real Madrid, manteve o padrão tático da equipe - inclusive com Fabregas no banco. Nas Eliminatórias, o destaque tem sido o atacante David Villa, que fez cinco gols em cinco partidas.

Invicta há 32 partidas, a Espanha está prestes a bater o recorde de invencibilidade de uma seleção, que pertence ao Brasil, com 35 jogos, entre dezembro de 1993 e janeiro de 96. Além disso, lidera o ranking da Fifa.

Kaká será o responsável por comandar Seleção Brasileira em campo, em 2010
Kaká será o responsável por comandar Seleção Brasileira em campo, em 2010
Foto: AFP
Fonte: Redação Terra
publicidade