0

"Caldeirão" argentino pode favorecer Brasil em clássico

5 set 2009
11h33
atualizado às 11h39

A partida é em Rosário, na Argentina. O estádio é o Gigante de Arroyito, um dos mais temidos "alçapões" do futebol do país. Mas os jogadores brasileiros acreditam que o campo pode ser favorável à Seleção no duelo entre as equipes neste sábado, às 21h30, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo.

» Brasil joga na Argentina por quebra de tabus e vaga na Copa
» Pekerman afirma que há crise de talento na seleção argentina
» Contra "buzinaço", Seleção tem segurança reforçada em Rosário
» Ingressos se esgotam para Argentina x Brasil

Será a primeira vez que os argentinos jogam fora de Buenos Aires na história da competição. A ideia partiu de Diego Maradona. O técnico estava incomodado com a falta de apoio da torcida nos jogos realizados no Monumental de Nuñez, a casa do River Plate.

Portanto, nem Brasil nem Argentina conhecem profundamente o palco do clássico. Apenas alguns "hermanos" já pisaram no campo do Rosario Central em partidas do campeonato local. "O estádio para eles também é novidade. Podemos usar a pressão contra nós a nosso favor", afirma Kaká.

Como a Argentina precisa da vitória para continuar brigando por uma vaga na Copa do Mundo, pode deixar mais espaços para o contra-ataque, uma das principais armas da Seleção de Dunga.

"Nós temos jogadores que sabem explorar os espaços na defesa adversária. Quando jogamos contra times que jogam de igual para igual, isso facilita muito o nosso jogo", completa o goleiro Júlio César.

Outra vantagem para o Brasil é que a equipe conseguiu fazer um treino nesta sexta-feira no Gigante de Arroyito. A Associação do Futebol Argentino (AFA), havia vetado a prática para não estragar o gramado, masvoltou atrás e liberou o campo.

Já os argentinos treinaram em Buenos Aires e chegaram a Rosário apenas no começo da noite. A equipe de Maradona fica concentrada até momentos antes da partida, quando parte para "conhecer" a nova casa.

Kaká acredita em bom jogo da Seleção Brasileira
Kaká acredita em bom jogo da Seleção Brasileira
Foto: AP
Fonte: Terra
publicidade