0

Seleções tradicionais correm riscos nas Eliminatórias

11 jun 2009
08h55
atualizado às 09h30

A exatamente um ano da Copa do Mundo na África do Sul, as Eliminatórias continentais chegam às suas fases de definição. Algumas seleções já se garantiram no Mundial, enquanto outras - inclusive tradicionais - sofrem para manter suas chances de classificação. Faltando poucas rodadas para o término das fases qualificatórias, é possível prever um cenário do que pode ser visto em 2010.

» Veja fotos dos 10 estádios para a Copa do Mundo
» A um ano da Copa, organização tenta superar fantasmas
» Copa pode ficar sem C. Ronaldo e Ibrahimovic
» Quatro seleções despontam como favoritas a um ano da Copa

Confira abaixo a situação em cada um dos continentes:

Europa
Classificada: Holanda
Próximas da vaga: Dinamarca, Eslováquia, Alemanha, Espanha, Inglaterra, Sérvia e Itália
Em risco: Portugal, República Checa, Ucrânia e França

A Holanda se garantiu na Copa no último final de semana. A equipe venceu seus seis jogos e não pode mais ser alcançada pela Escócia, segunda colocada do Grupo 9. O técnico Bert van Marwijk tem uma talentosa geração em mãos, com nomes como Van Persie, Van der Vaart, Huntelaar e Sneijder, e terá 365 dias para trabalhar a equipe ideal para a Copa.

Seleções tradicionais como Inglaterra, Espanha, Alemanha e Itália, atual campeã do mundo, também devem confirmar a classificação nas próximas rodadas. Em contrapartida, Portugal corre sério risco de ficar fora. O time está a quatro pontos da Hungria, segunda colocada do Grupo 1, e a sete da Dinamarca, líder da chave.

São 13 vagas européias. Os primeiros colocados dos nove grupos se classificam diretamente, enquanto os oito melhores segundos colocados se cruzam na repescagem, com jogos de ida e volta.

América do Sul
Próximas da vaga: Brasil, Paraguai e Chile
Em risco: Argentina, Equador e Uruguai

Três dos quatro primeiros colocados, que se classificam diretamente para a Copa, conseguiram uma boa distância sobre os demais concorrentes. Já são quatro pontos de diferença entre o Paraguai, terceiro colocado, e o Equador, que é quinto. O Brasil, líder das Eliminatórias, deve confirmar sua vaga com tranqüilidade nas rodadas finais.

Depois de perder para os equatorianos, a Argentina está em situação que inspira cuidados, com dois pontos de distância para o quinto lugar. Além disso, o Brasil é o próximo adversário dos argentinos.

A quinta vaga, que dá direito à repescagem, está teoricamente entre Uruguai, Equador, Colômbia e Venezuela. Esta última luta pela chance de disputar sua primeira Copa do Mundo.

América Central, do Norte, e Caribe
Próximas da vaga: Costa Rica e Estados Unidos
Em risco: México

O hexagonal final classifica três times diretamente para a Copa. O quarto colocado participa da repescagem contra o quinto classificado na América do Sul. Costa Rica e Estados Unidos, com 12 e 10 pontos, respectivamente, já abriram vantagem na liderança e estão bem próximos da vaga. Já o México vem tropeçando e só conseguiu duas vitórias em cinco jogos na fase final. A atual quarta colocação deixaria os mexicanos sem classificação direta. Na disputa, também estão El Salvador e Honduras, hoje em terceiro.

Ásia
Classificadas: Coréia do Sul, Austrália e Japão
Próxima da vaga: Coréia do Norte
Em risco: Arábia Saudita e Irã

Há apenas uma vaga direta em disputa, já que Coréia do Sul, Austrália e Japão garantiram classificação no último final de semana. A surpreendente Coréia do Norte ocupa a segunda posição do Grupo 2, com mais uma rodada a ser realizada. Arábia Saudita e Irã também brigam por essa vaga e têm mais dois jogos pela frente.

Sauditas e norte-coreanos jogam na última rodada e ambos estão com 11 pontos - o Irã, com 10, torce por um empate entre ambos.

Os terceiros colocados de cada grupo se enfrentam em um playoff. O vencedor dessa série enfrentará a Nova Zelândia, representante da Oceania, na disputa de uma vaga na Copa.

África
Em risco: Marrocos, Camarões e Egito

As Eliminatórias africanas classificam apenas uma seleção por grupo - são cinco na fase final. Com quatro equipes por chave, já é possível notar equipes tradicionais que correm sérios riscos de ficarem fora da Copa. Após duas rodadas, Camarões e Egito são lanternas de seus grupos, ambos com um ponto conquistado.

Outras equipes, como Tunísia e Costa do Marfim, já confirmaram o favoritismo e são líderes dos seus grupos. Entre as possíveis surpresas aparecem Argélia e Gabão, que largaram na frente nas suas chaves em busca de uma vaga no Mundial. As cinco seleções classificadas se juntam à África do Sul como representantes do continente.

Oceania
Próxima da vaga: Nova Zelândia

A Nova Zelândia já venceu a zona da Oceania, depois de bater, na fase final, Nova Caledônia, Fiji e Vanuatu. A seleção aguarda o vencedor da repescagem na Ásia para disputar uma vaga na Copa do Mundo.


Fonte: Redação Terra
publicidade