0

Espanha quer espantar zebra finlandesa em noite histórica para Del Bosque

21 mar 2013
13h58

A seleção espanhola quer transformar em um jogo tranquilo o duelo desta sexta-feira, contra a seleção da Finlândia, em Gijón, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo para a Copa de 2014, no qual Vicente del Bosque se tornará o técnico com mais jogos comandando a 'Fúria".

O duelo, válido pela quinta rodada, opõe a líder e atual campeã europeia e mundial a seleção que ocupa a lanterna do grupo I. A Espanha está na primeira colocação, com sete pontos, ficando a frente da França pelo saldo de gols. Enquanto isso, os finlandeses têm apenas um ponto nos dois jogos que disputaram.

Se no papel o favoritismo é todo dos donos da casa, a partida ganha em importância pelo fato de ser a última para os espanhois antes do duelo com a seleção francesa, na próxima terça-feira no estádio Saint-Denis. Como as duas seleções já se enfrentaram em Madrid, ficando no empate em 1 a 1, o segundo jogo pode definir o primeiro colocado da chave, que se classifica para o Mundial.

Para sua partida 69, que o colocará acima de Ladislao Kubala, técnico da Espanha entre 1969 e 1980, Del Bosque não poderá contar com Iker Casillas, que se recupera de fratura em um dos dedos da mão, e Xavi, que será poupado para o duelo contra os franceses.

A principal dúvida para a partida é justamente no gol, já que Víctor Valdés e Pepe Reina disputando a posição. O goleiro do Barcelona está em vantagem, porque o jogador do Liverpool se recuperou recentemente de lesão.

Quem tem presença praticamente garantida no time titular é David Villa, que vai voltando a recuperar seu espaço na seleção e nesta sexta-feira voltará a jogar no estádio El Molinón, onde foi revelado, vestindo a camisa do Sporting Gijón.

A Finlândia, tenta surpreender para deixar o posto de pior equipe da chave. A situação não é nada boa, já que as duas únicas partidas que fez, contra Geórgia e França, foram dentro de seu território. O único ponto veio no empate contra os georgianos, em 1 a 1.

Para isso, o técnico Mixu Paatelainen colocará em campo uma equipe defensiva, que tentará parar o forte ataque espanhol, apostando nos contra-ataques e nas bolas paradas para conseguir um golzinho.

Os dois principais destaques da equipe são o zagueiro e capitão Niklas Moisander, do Ajax, e o meia Roman Eremenko, do Rubin Kazan, que estão confirmados no time titular. Outro que estará em campo é o centroavante Teemu Pukki, do Schalke 04.

Prováveis escalações:

Espanha: Valdés (Reina); Arbeloa, Piqué, Sergio Ramos e Alba; Busquets, Cazorla e Iniesta; Silva, Fábregas e Villa. Técnico: Vicente del Bosque.

Finlândia: Mäenpää; Raitala, Moisander, Toivio e Arkivuo; Sparv, Eremenko, Ring; Hetemaj, Pukki e Hämäläinen.

Árbitro: Ovidiu Alin Hategan (Romênia), auxiliado pelos compatriotas Octavian Sovre e Aurel Onita.

Estádio: El Molinón, em Gijón (Espanha).

EFE   
publicidade