0

"Esquecido", Kiko diz que morreria para ver Copa no RS

21 jun 2014
00h32
  • separator
  • comentários

Nomeado embaixador da Copa do Mundo de Porto Alegre, o ator Carlos Villagrán afirmou nesta sexta-feira que não foi chamado por ninguém da organização do Mundial para viajar ao Brasil para acompanhar a competição. O intérprete do personagem Kiko, do seriado "Chaves", foi quem trouxe a público a história em entrevista ao jornal Zero Hora, lamentando a falta de convites para acompanhar o torneio na capital gaúcha.

<p>Carlos Villagr&aacute;n, int&eacute;rprete de Kiko, foi apontado como embaixador de Porto Alegre para a Copa</p>
Carlos Villagrán, intérprete de Kiko, foi apontado como embaixador de Porto Alegre para a Copa
Foto: Mauro Pimentel / Terra

Quer acompanhar as notícias e jogos da sua seleção? Baixe nosso app. #TerraFutebol

"Não me mandaram passagens. Eu morreria para estar em Porto Alegre. Eu queria ir para Porto Alegre. Contava aos meus amigos: 'vou a Porto Alegre' e meus amigos me invejavam. E nunca chegaram passagens, nunca tive contato com ninguém de Porto Alegre, nem por telefone nem por e-mail. Mas de toda forma eu sigo gostando de Porto Alegre. Sigo fascinado por sua gente, pelo que as pessoas me proporcionaram", declarou Villagrán, apontado como embaixador da capital gaúcha para o Mundial em 2013.

Direto da sua residência em Zapopan, o intérprete do icônico programa de TV mexicano expressou seu desapontamento utilizando a voz de Kiko. "Eu fico muito triste. Queria estar em Porto Alegre porque meu grande papel é ser embaixador da Copa", lamentou.

"Quero mandar muitos cumprimentos ao Rio Grande do Sul, a Porto Alegre, dizer a eles que não se misturem com essa gentalha", brincou Villagrán.

A capital gaúcha recebeu dois jogos da Copa do Mundo até esta sexta-feira: a vitória da Holanda sobre a Austrália por 3 a 2 e a da França sobre Honduras por 3 a 0.

Fonte: Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade