9 eventos ao vivo

Falso vídeo sobre Coreia do Norte na final da Copa vira hit

Falsa narração diz que a seleção da Coreia do Norte conseguiu chegar à final da Copa do Mundo após golear diversas seleções

14 jul 2014
01h11
atualizado às 01h41
  • separator
  • 0
  • comentários

Um falso vídeo no qual a televisão estatal da Coreia do Norte informa que este país jogaria a final da Copa do Mundo se transformou em um sucesso na Internet com mais de 4 milhões de visitas depois que vários meios de imprensa internacionais o consideraram verdadeiro.

Quer acompanhar as notícias e jogos da sua seleção? Baixe nosso app. #TerraFutebol

O canal Korea News Backup postou no sábado no portal YouTube este vídeo, no qual uma das apresentadoras frequentadores da televisão norte-coreana anuncia (através de dublagem) que a Coreia do Norte, país que não conseguiu se classificar para o Mundial do Brasil de 2014, se dispõe a jogar a final contra Portugal.

A falsa narração e os infográficos explicam que a seleção da Coreia do Norte conseguiu chegar à final após derrotar por 7 a 0 o Japão, 4 a 0 os Estados Unidos e 2 a 0 a China (país que também não participou do torneio).

Além disso, mostra imagens de torcedores de futebol em Copacabana com as cores vermelho, branco e azul da bandeira norte-coreana (acredita-se que na realidade são torcedores da Costa Rica ou Chile) em um ambiente festivo, enquanto na grande tela na praia se sobrepõem imagens do líder Kim Jong-un.

Meios de imprensa anglo-saxões, falantes de espanhol e chineses, assim como milhares de internautas, deram credibilidade ao vídeo e o divulgaram em suas páginas e redes sociais como um exemplo extremo do isolamento e da manipulação midiática à qual a ditadura da Coreia do Norte submete seus cidadãos.

Na vizinha Coreia do Sul, os internautas não demoraram em ressaltar que a locução que se atribui à apresentadora tem um marcado acento sul-coreano - muito diferente ao do Norte - e contém palavras e anglicismos que só se usam na metade sul da península.

A isto se soma que a televisão norte-coreana esteve transmitindo, embora com atraso de até 24 horas, partidas da Copa. O extremo sigilo da Coreia do Norte, um dos Estados mais isolados do planeta, facilita em muitos casos a divulgação de notícias falsas sobre o que ali ocorre.

EFE   
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade